• 20160830_085830.jpg
  • 20160830_085847.jpg
  • 20160830_090216.jpg
  • 20160830_090251.jpg
  • 20160830_085747.jpg

O Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação convida a todos para as defesas de mestrado e doutorado conforme dados abaixo:

Tese de Doutorado

 

 

Aluno(a): Alessandra dos Santos Araujo      

 

Título: A fotodocumentação como área transversal de estudo no contexto do ciclo da informação: uma análise em teses brasileiras

Data:10 de Dezembro de 2018

Horário: 15h00

Composição da Banca:

 

Composição da Banca:

Presidente:Prof Dr. André Porto Ancona Lopez

Membro Titular Externo à Universidade de Brasília: Profa. Dra. Fabiana de Souza Fredrigo

Membro Titular Externo ao PPGCINF:Prof. Dr. André Malverdes

Membro Titular Interno:Prof. Dr. Claudio Gottschalg Duque 

Membro Suplente:Prof. Dr. Niraldo José do Nascimento

 

Resumo:Objetiva, a partir do levantamento, descrição e análise da produção científica sobre o tema “fotografia” permeada pela discussão sobre o ciclo da informação, apontar a emergência da possibilidade de uma nova área de estudo que seja capaz de acolher os sentidos e significados específicos da fotografia como uma das bases do ciclo da informação, denominada fotodocumentação. Como recorte epistemológico a produção intelectual das tesesdefendidas nos programas de pós-graduação no Brasil em diversas áreas, compreendendo os anos de 1980 a 2016 e disponibilizadas na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). A produção científica delimitada aborda o ciclo da informação (gênese, organização, recuperação e comunicação da informação). Como aporte teórico, utilizamos a obra de Luciano Floridi, Information: a very short introduction; as discussões sobre o ciclo da informação; e as reflexões sobre o alcance do “estado do conhecimento”. A metodologia envolve um mapeamento e descrição iniciais, trabalho desenvolvido a partir do rastreamento da produção intelectual nos termos propostos e em correspondência à situação-problema e aos objetivos.

 

Palavras-chave:Produção científica; IBICT; Estado do Conhecimento; Fotodocumentação; Ciclo da Informação.

Dissertação de Mestrado

 

Aluno(a) Deise Lourenço de Jesus

Título: Adoção de tecnologias nas bibliotecas universitárias do Distrito Federal

Data: 17/12/2018

Horário: 14h

 

Composição da Banca:

Presidente: Murilo Bastos da Cunha

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Dra. Maria Carmem Romcy de Carvalho

Membro Titular: Prof. Dr. Fernando Cesar Lima Leite

Membro Suplente: Dra. Marília Augusta Freitas

 

Resumo: Apresenta a adoção de novas tecnologias como ponto central para a sobrevivência e evolução das bibliotecas universitárias num futuro próximo, voltado para as tecnologias da informação. Objetivo - identificar o nível de adoção às tecnologias das bibliotecas universitárias do Distrito Federal. Métodos - mapear por meio de revisão de literatura as características da biblioteca inovadora; sugerir - baseado na revisão de literatura - métricas para mensuração do nível tecnológico e por meio de pesquisa quantitativa com questionário como instrumento de coleta de dados, mensurar o nível de adoção às tecnologias das bibliotecas universitárias do Distrito Federal. Resultados - as bibliotecas universitárias do Distrito Federal apresentaram um nível médio de adoção às tecnologias com índices igualmente medianos de participação na gestão da instituição de ensino superior à qual pertencem, um baixo índice de adoção de redes sociais e ferramentas da web 2.0 na oferta de produtos e serviços e um engessamento em relação à adoção de ferramentas que tragam inovação para a biblioteca. Os resultados mostram que os profissionais tem consciência das tecnologias que estão surgindo para as bibliotecas, mas não as utilizam efetivamente em suas instituições. Conclusões: o Distrito Federal como o estado mais rico do país possui um alto índice de matrículas no ensino superior, entretanto o elevado número de universitários e de Instituições de Ensino Superior não refletem em investimento nas bibliotecas. A situação do Distrito Federal em relação à adoção de novas tecnologias é estática, mediana. Não avança com a devida parcimônia, mas não está totalmente obsoleta, ou seja, oferta, de maneira razoável, produtos e serviços compatíveis com a necessidade de seus usuários.

Palavras-chave: Adoção de tecnologias. Bibliotecas universitárias. Produtos de informação. Serviços de informação. Web 2.0.

Relatório Intermediário de Dissertação de Mestrado

 

Aluno(a)_Larissa Marques Martins Campos

Título: Diagnóstico de arquivo: um ensaio para a criação de um conceito

Data: 07/12/2018

Horário: 10h

 

Composição da Banca:

Presidente: Renato Tarciso Barbosa de Sousa

Membro Titular Externo ao PPGCINF: Ana Célia Rodrigues

Membro Titular: Rogério Henrique Araújo Júnior

Membro Suplente: Cynthia Roncaglio

 

Resumo: O diagnóstico de arquivo é o tema deste projeto de pesquisa de mestrado. O objetivo geral do trabalho é definir o conceito de diagnóstico de arquivo, uma vez que o termo é amplamente utilizado na Arquivologia, porém de maneira horizontal. Esta pesquisa visa a verticalização dessa discussão a partir da utilização do método histórico para a descrição do termo diagnóstico, desde a sua origem, na Medicina, até a apropriação do termo pela Arquivologia. Utilizaremos também o método comparativo para identificar as similaridades e as distinções dos diagnósticos em diferentes áreas do conhecimento. A partir da aplicação desses métodos, identificaremos enunciados verdadeiros sobre o diagnóstico de arquivo para aplicar a Teoria do Conceito de Ingetraut Dahlberg. Deste modo, esperamos como resultados desta pesquisa a definição do objeto, do objetivo e do conceito de diagnóstico de arquivo e a definição dos os requisitos mínimos para a elaboração do diagnóstico de arquivo.

 

Palavras-chave: Diagnóstico de arquivo. Gestão de documentos. Arquivologia.

Relatório Intermediário de Dissertação de Mestrado

 

 

 

 

Aluno(a) EDUARDO WATANABE,

Título: “Representação das Informações de Processos Judiciais”

Data: 03/12/2018

Horário: 09 H

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Renato Tarciso Barbosa de Sousa

Membro TitularExternoao PPGCInf: Thiago Henrique Bragato Barros

Membro Titular: Rogerio Henrique de Araújo Júnior (INTERNO)

Membro Suplente: Cynthia Roncaglio

 

Resumo: No Estado Democrático de Direito, os processos judiciais são instrumentos fundamentais para o alcance de seus três escopos (DINAMARCO, 2013): sociais (pacificação dos conflitos e educação conscientizadora dos cidadãos em direitos e obrigações), políticos (afirmação do poder jurisdicional do Estado, culto às liberdades públicas e participação democrática) e jurídico (aplicação concreta das leis em vigor). O presente projeto busca identificar os requisitos necessários para a representação de informações durante a criação de documentos em processos judiciais no âmbito de Sistemas informatizados de gestão arquivística de documentos (SIGADs) que tornem mais rápida e precisa a recuperação de informações em apoio aos julgamentos feitos pelo Poder Judiciário. Para suportar a compreensão deste objeto multifacetado, são utilizados aportes da Ciência da Informação, Direito, Diplomática, Arquivologia, Engenharia de Documentos e Administração, cada uma a partir de seu ponto de vista, com abertura para o diálogo interdisciplinar respeitando a identidade disciplinar originário com o conhecimento epistemológico e metodológico utilizada por cada uma delas. Na trilha de José Augusto Chaves Guimarães, o Direito como domínio especializado exige por parte do pesquisador conhecer previamente o objetivo desse documento e do usuário da informação (1993, p. 53). A complexidade do Direito exige a utilização de teorias jurídicas positivistas (Teoria do Fato Jurídico Processual) e pragmáticas (Hermenêutica Jurídica contemporânea) de acordo com a forma de atuação e a área do Direito a ser representada. Também subsidiam o projeto as teorias do conceito em suas abordagens positivista (Dahlberg) e pragmática (Hjørland), que vão compor um sistema complexo de restrição do discurso jurídico (Foucault). Para a representação de informação do documento de arquivo, são utilizadas: Diplomática; Tipologia Documental; Classificação, Descrição e Identificação; Taxonomia navegacional facetada; e Folksonomia. Da Administração, as contribuições são o Business Process Management - BPM e as notações que lhe dão suporte (BPMN, DMN e CMMN). É feito um amplo levantamento comparativo dos modelos existentes de representação de informações de processos judiciais. O projeto é de uma pesquisa qualitativa, com abordagem descritiva e aplicada, feita em ambiente de estudo natural e com horizonte de tempo transversal. A proposta metodológica é de revisão de literatura, análise documental e estudo de caso de autos de processo judicial nº 2008.01.99.058977-3, sobre requisitos de acesso à justiça. As perspectivas de resultado são de representar graficamente e em arquivo XML Schema as informações em formato de mapa do processo judicial com lista de requisitos associada, para aplicação imediata a partir do software Activiti.

 

Palavras-chave:Representação de informação. Teoria do Fato Jurídico. Teoria do conceito. Tipologia documental. Identificação. BPMN. DMN. CMMN.

 

Qualificação de Doutorado

 

Aluno(a)Sylvana Karla da Silva de Lemos Santos

Título:Usuários surdos e acessibilidade à informação em sítios do governo brasileiro

Data:07 de dezembro de 2018

Horário: 9h

 

 

Composição da Banca:

 

Presidente: Ivette Kafure Muñoz

Membro TitularExternoao PPGCInf:Marianne Rossi Stumpf

Membro Titular: Murilo Bastos da Cunha

Membro Suplente:Eliane Braga de Oliveira

Resumo: Discute sobre o comportamento informacional do usuário surdo no uso das tecnologias, processo de comunicação e acesso à informação em sítios do governo brasileiro. Discorre sobre a acessibilidade na Web para pessoas surdas por meio da realização de tarefas submetidas a grupos de usuários surdos e ouvintes.Objetiva investigar a acessibilidade em sítios do governo brasileiro na perspectiva do usuário surdo diante da busca e do acesso à informação. Trata-se de pesquisa de abordagem qualitativa e quantitativa, descritiva e básica.

Palavras-chave:acessibilidade à informação. usuários surdos. governo brasileiro.

Qualificação de Doutorado

 

Aluno(a) Vanessa Murta Rezende

 

Título:Auditoria Governamental no Poder Executivo Federal: proposição de requisitos para um modelo de gestão de papéis de trabalho

Data: 05/11/2018

Horário: 10h

 

Composição da Banca:

 

Presidente:Prof. Dr. Renato Tarciso Barbosa de Sousa

Membro TitularExternoao PPGCINF: Prof. Dr. José Maria Jardim

Membro Titular:Prof. Dr. Rogério Henrique de Araújo Júnior

Membro Suplente do PPGCINF: Lillian Maria de Rezende Alvares

 

 

Resumo:

A gestão de documentos e a importância de sua implementação na organização dos papéis de trabalho em processos de Auditorias Governamentais é o tema dessa pesquisa. As auditorias são executadas por meio de diversos documentos, estejam eles em qualquer suporte, momento do ciclo de vida e até mesmo em qualquer “idade”. Neste contexto, o estudo apresenta uma pesquisa em andamento no Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação cujo objetivo é propor requisitos arquivísticos para um modelo de gestão de papéis de trabalho de auditorias governamentais. O modelo pretende prover os órgãos públicos de subsídios teóricos da Arquivologia para uma melhor performance frente às auditorias, contribuindo, dessa forma, para um aprimoramento da gestão pública. A pesquisa se justifica pela relevância do tema e pela constatação de que ainda são escassos, na literatura arquivística, trabalhos que discutem a gestão de documentos em processos de auditoria governamental, o que impacta na governança e no compliance, apesar de os documentos serem o principal insumo e subsídio comprobatório utilizado nestes processos. Para seu desenvolvimento, serão realizadas: revisão da literatura, análise de documentos, entrevistas e aplicação de instrumentos da metodologia pesquisa-ação. O estudo dar-se-á no Ministério da Saúde, com a colaboração de servidores, arquivistas e auditores do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). Espera-se que, como resultado, a pesquisa consiga propor um modelo de gestão dos papéis de trabalho que irá auxiliar na organização da informação dos órgãos auditados e auditores, contribuindo, dessa forma, para um aprimoramento da gestão pública.

 

Palavras-chave:Arquivologia. Auditoria Governamental. Controle Interno. Gestão de Documentos. Papéis de Trabalho.

Qualificação de Doutorado

 

Aluno(a)_Tomás Roberto Cotta Orlandi

Título:Um Novo Modelo de Arquitetura da Informação, apoiado pela Multimodalidade, para capacitação de Profissionais de Alto Desempenho

Data:29/11/18

Horário: 16h

 

Composição da Banca:

Presidente: Prof. Dr. Cláudio Gottschalg Duque

Membro TitularExternoao PPGCINF: Prof. Dr. Paulo Rogério Foina

Membro Titular: Profª Drª Dulce Maria Baptista

Membro Suplente do PPGCINF: Prof. Dr. André Porto Ancona Lopez

 

Resumo:A atual disseminação de portais e sítios voltados para capacitações profissionais, não está respaldada em um modelo de Arquitetura da Informação, que aplicado a espaços informacionais atenda às necessidades de informação dos discentes para sua formação profissional. A capacitação de profissionais em qualquer área do conhecimento é um grande desafio a ser alcançado nos dias de hoje, para profissionais de alto desempenho não é diferente. Visando atender às necessidades de informação desses profissionais em formação, esta pesquisa propõe a organização de espaços informacionais multimodais, onde estarão dispostos os diversos objetos semióticos (textos, sons, imagens e vídeos) que proporcionarão um conjunto de informações estruturadas e organizadas, voltadas para capacitação de profissionais de alto desempenho. O objetivo principal desta tese é apresentar uma forma de como uma Arquitetura da Informação, associada à Multimodalidade, pode auxiliar na capacitação permanente de profissionais de alto desempenho.

 

Palavras-chave: Organização da Informação, Arquitetura da Informação, Multimodalidade, Teoria da Relevância, Gameficação.

Relatório Intermediário de Dissertação de Mestrado

 

Aluno (a): Fabiana Ferreira

Título: “Políticas públicas para a preservação do audiovisual: um olhar sobre entidades e agentes federais de 1940 a 2010”

Data: 05/11/2018

Horário: 14h

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Ana Lúcia de Abreu Gomes

Membro Titular Interno ao PPGCINF: Cynthia Roncaglio

Membro Titular Externo: Lia Calabre de Azevedo Felix

Membro Suplente: Georgete Medleg Rodrigues

 

Resumo: O projeto se propõe a uma análise de políticas públicas de informação e preservação do audiovisual no Brasil, de maneira interdisciplinar na Ciência da Informação, apontando tanto a participação de agências e agentes do âmbito federal quanto da sociedade, para a compreensão de como se dá e implementação dessas políticas. Tal análise se dará sob a teoria de capital cultural de Bourdieu para confirmar a hipótese de que há uma disputa interna no campo do audiovisual, no qual a preservação não parece ganhar muitos adeptos desde a chegada do cinema no Brasil e que a ausência da Ciência da Informação nas discussões de políticas públicas pode influenciar na manutenção desse pequeno espaço que a preservação do audiovisual possui nas políticas culturais no Brasil.

 

 

 

 

Palavras-chave: políticas públicas; preservação audiovisual; política de preservação audiovisual; documento audiovisual;

Relatório Intermediário de Dissertação de Mestrado

 

 

 

 

Aluno(a): Roberto Mahmud DrumondRhaddour

Título: A arquitetura da informação em espaços informacionais colaborativos e sua contribuição para a gestão da inteligência coletiva nas organizações”

Data: 23/11/2018

Horário: 15h

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Prof. Dr. Cláudio Gottshalg-Duque

Membro Titular Externo ao PPGCINF: Prof. Dr. Eduardo da Silva Alentejo

Membro Titular: Profª Drª Dulce Maria Baptista

Membro Suplente: Prof. Dr. Márcio Vitorino

 

Resumo: O conhecimento é o insumo mais importante nesta denominada sociedade da informação, em que as mentes dos colaboradores são o principal repositório para o capital que será utilizado para alavancar a vantagem estratégica que poderá impactar na consecução dos produtos e serviços ofertados pelas organizações. A arquitetura da informação, buscando desenhar espaços informacionais, possibilita a criação de espaços onde o compartilhamento desse conhecimento é realizado de forma mais efetiva, utilizando tecnologias que integram organização, conteúdo e contexto. Enquanto isso, a internet fornece atualmente diversos instrumentos para a gestão da informação de forma colaborativa, com propostas de como a organização pode adaptar-se ao contexto da era digital e da sociedade em rede. Essas considerações alicerçam o seguinte problema de pesquisa: de que maneira a arquitetura da informação pode ser aplicada em espaços informacionais colaborativos digitais utilizados na gestão da informação nas organizações? Neste estudo se pretende verificar as potencialidades do uso de espaços informacionais colaborativos como instrumento para a gestão da inteligência coletiva nas organizações; identificar os fundamentos teóricos, conceitos e técnicas preconizadas pela Arquitetura da Informação enquanto campo da Ciência da Informação e sistematizar as possibilidades de aplicação da Arquitetura da Informação em espaços informacionais colaborativos.

 

 

 

 

 

Palavras-chave: Arquitetura da Informação; Espaços Informacionais Colaborativos; Inteligência Coletiva.

Defesa de Tese de Doutorado

 

Aluno(a): Tiago Emmanuel Nunes Braga

Título: PROPOSTA DE MODELO PARA GESTÃO DA INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA NO PROGRAMA BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA

Data: 14/11/2018

Horário: 14h

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Profª Drª Elmira Luzia Melo Soares Simeão

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Prof. Dr. Pablo Parra Valero

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Prof. Dr. Fausto Miguel Cereja Seixas Freire

Membro Titular: Profª Drª Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares

Membro Suplente: Profª Drª Cecilia Leite Oliveira

 

 

Resumo: O estudo propôs um modelo de gestão da informação tecnológica para o Programa Brasileiro de Avaliação do Ciclo de Vida. A discussão foi fundamentada no método qualitativo, a partir da concepção construtivista. Como recursos metodológicos utilizou análise documental da documentação publicada pelo Programa Brasileiro de Avaliação do Ciclo de Vida e a teoria fundamentada para análise de entrevistas junto a representantes da Rede Global de Acesso a Dados de ACV. Ao final do estudo foi possível propor um modelo de gestão da informação para o Programa Brasileiro de Avaliação do Ciclo de Vida a partir de de categorias preliminares e categorias teóricas, ambas insumos provenientes da análise documental e análise das entrevistas.

 

 

Palavras-chave: Informação tecnológica, Avaliação do ciclo de vida, Gestão da informação.