• 20160830_090216.jpg
  • 20160830_090251.jpg
  • 20160830_085830.jpg
  • 20160830_085747.jpg
  • 20160830_085847.jpg

O Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação convida a todos para as defesas de mestrado e doutorado conforme dados abaixo:

Qualificação de Doutorado

 

Aluno(a)Sylvana Karla da Silva de Lemos Santos

Título:Usuários surdos e acessibilidade à informação em sítios do governo brasileiro

Data:07 de dezembro de 2018

Horário: 9h

 

 

Composição da Banca:

 

Presidente: Ivette Kafure Muñoz

Membro TitularExternoao PPGCInf:Marianne Rossi Stumpf

Membro Titular: Murilo Bastos da Cunha

Membro Suplente:Eliane Braga de Oliveira

Resumo: Discute sobre o comportamento informacional do usuário surdo no uso das tecnologias, processo de comunicação e acesso à informação em sítios do governo brasileiro. Discorre sobre a acessibilidade na Web para pessoas surdas por meio da realização de tarefas submetidas a grupos de usuários surdos e ouvintes.Objetiva investigar a acessibilidade em sítios do governo brasileiro na perspectiva do usuário surdo diante da busca e do acesso à informação. Trata-se de pesquisa de abordagem qualitativa e quantitativa, descritiva e básica.

Palavras-chave:acessibilidade à informação. usuários surdos. governo brasileiro.

Qualificação de Doutorado

 

Aluno(a) Vanessa Murta Rezende

 

Título:Auditoria Governamental no Poder Executivo Federal: proposição de requisitos para um modelo de gestão de papéis de trabalho

Data: 05/11/2018

Horário: 10h

 

Composição da Banca:

 

Presidente:Prof. Dr. Renato Tarciso Barbosa de Sousa

Membro TitularExternoao PPGCINF: Prof. Dr. José Maria Jardim

Membro Titular:Prof. Dr. Rogério Henrique de Araújo Júnior

Membro Suplente do PPGCINF: Lillian Maria de Rezende Alvares

 

 

Resumo:

A gestão de documentos e a importância de sua implementação na organização dos papéis de trabalho em processos de Auditorias Governamentais é o tema dessa pesquisa. As auditorias são executadas por meio de diversos documentos, estejam eles em qualquer suporte, momento do ciclo de vida e até mesmo em qualquer “idade”. Neste contexto, o estudo apresenta uma pesquisa em andamento no Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação cujo objetivo é propor requisitos arquivísticos para um modelo de gestão de papéis de trabalho de auditorias governamentais. O modelo pretende prover os órgãos públicos de subsídios teóricos da Arquivologia para uma melhor performance frente às auditorias, contribuindo, dessa forma, para um aprimoramento da gestão pública. A pesquisa se justifica pela relevância do tema e pela constatação de que ainda são escassos, na literatura arquivística, trabalhos que discutem a gestão de documentos em processos de auditoria governamental, o que impacta na governança e no compliance, apesar de os documentos serem o principal insumo e subsídio comprobatório utilizado nestes processos. Para seu desenvolvimento, serão realizadas: revisão da literatura, análise de documentos, entrevistas e aplicação de instrumentos da metodologia pesquisa-ação. O estudo dar-se-á no Ministério da Saúde, com a colaboração de servidores, arquivistas e auditores do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). Espera-se que, como resultado, a pesquisa consiga propor um modelo de gestão dos papéis de trabalho que irá auxiliar na organização da informação dos órgãos auditados e auditores, contribuindo, dessa forma, para um aprimoramento da gestão pública.

 

Palavras-chave:Arquivologia. Auditoria Governamental. Controle Interno. Gestão de Documentos. Papéis de Trabalho.

Qualificação de Doutorado

 

Aluno(a)_Tomás Roberto Cotta Orlandi

Título:Um Novo Modelo de Arquitetura da Informação, apoiado pela Multimodalidade, para capacitação de Profissionais de Alto Desempenho

Data:29/11/18

Horário: 16h

 

Composição da Banca:

Presidente: Prof. Dr. Cláudio Gottschalg Duque

Membro TitularExternoao PPGCINF: Prof. Dr. Paulo Rogério Foina

Membro Titular: Profª Drª Dulce Maria Baptista

Membro Suplente do PPGCINF: Prof. Dr. André Porto Ancona Lopez

 

Resumo:A atual disseminação de portais e sítios voltados para capacitações profissionais, não está respaldada em um modelo de Arquitetura da Informação, que aplicado a espaços informacionais atenda às necessidades de informação dos discentes para sua formação profissional. A capacitação de profissionais em qualquer área do conhecimento é um grande desafio a ser alcançado nos dias de hoje, para profissionais de alto desempenho não é diferente. Visando atender às necessidades de informação desses profissionais em formação, esta pesquisa propõe a organização de espaços informacionais multimodais, onde estarão dispostos os diversos objetos semióticos (textos, sons, imagens e vídeos) que proporcionarão um conjunto de informações estruturadas e organizadas, voltadas para capacitação de profissionais de alto desempenho. O objetivo principal desta tese é apresentar uma forma de como uma Arquitetura da Informação, associada à Multimodalidade, pode auxiliar na capacitação permanente de profissionais de alto desempenho.

 

Palavras-chave: Organização da Informação, Arquitetura da Informação, Multimodalidade, Teoria da Relevância, Gameficação.

Relatório Intermediário de Dissertação de Mestrado

 

Aluno (a): Fabiana Ferreira

Título: “Políticas públicas para a preservação do audiovisual: um olhar sobre entidades e agentes federais de 1940 a 2010”

Data: 05/11/2018

Horário: 14h

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Ana Lúcia de Abreu Gomes

Membro Titular Interno ao PPGCINF: Cynthia Roncaglio

Membro Titular Externo: Lia Calabre de Azevedo Felix

Membro Suplente: Georgete Medleg Rodrigues

 

Resumo: O projeto se propõe a uma análise de políticas públicas de informação e preservação do audiovisual no Brasil, de maneira interdisciplinar na Ciência da Informação, apontando tanto a participação de agências e agentes do âmbito federal quanto da sociedade, para a compreensão de como se dá e implementação dessas políticas. Tal análise se dará sob a teoria de capital cultural de Bourdieu para confirmar a hipótese de que há uma disputa interna no campo do audiovisual, no qual a preservação não parece ganhar muitos adeptos desde a chegada do cinema no Brasil e que a ausência da Ciência da Informação nas discussões de políticas públicas pode influenciar na manutenção desse pequeno espaço que a preservação do audiovisual possui nas políticas culturais no Brasil.

 

 

 

 

Palavras-chave: políticas públicas; preservação audiovisual; política de preservação audiovisual; documento audiovisual;

Relatório Intermediário de Dissertação de Mestrado

 

 

 

 

Aluno(a): Roberto Mahmud DrumondRhaddour

Título: A arquitetura da informação em espaços informacionais colaborativos e sua contribuição para a gestão da inteligência coletiva nas organizações”

Data: 23/11/2018

Horário: 15h

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Prof. Dr. Cláudio Gottshalg-Duque

Membro Titular Externo ao PPGCINF: Prof. Dr. Eduardo da Silva Alentejo

Membro Titular: Profª Drª Dulce Maria Baptista

Membro Suplente: Prof. Dr. Márcio Vitorino

 

Resumo: O conhecimento é o insumo mais importante nesta denominada sociedade da informação, em que as mentes dos colaboradores são o principal repositório para o capital que será utilizado para alavancar a vantagem estratégica que poderá impactar na consecução dos produtos e serviços ofertados pelas organizações. A arquitetura da informação, buscando desenhar espaços informacionais, possibilita a criação de espaços onde o compartilhamento desse conhecimento é realizado de forma mais efetiva, utilizando tecnologias que integram organização, conteúdo e contexto. Enquanto isso, a internet fornece atualmente diversos instrumentos para a gestão da informação de forma colaborativa, com propostas de como a organização pode adaptar-se ao contexto da era digital e da sociedade em rede. Essas considerações alicerçam o seguinte problema de pesquisa: de que maneira a arquitetura da informação pode ser aplicada em espaços informacionais colaborativos digitais utilizados na gestão da informação nas organizações? Neste estudo se pretende verificar as potencialidades do uso de espaços informacionais colaborativos como instrumento para a gestão da inteligência coletiva nas organizações; identificar os fundamentos teóricos, conceitos e técnicas preconizadas pela Arquitetura da Informação enquanto campo da Ciência da Informação e sistematizar as possibilidades de aplicação da Arquitetura da Informação em espaços informacionais colaborativos.

 

 

 

 

 

Palavras-chave: Arquitetura da Informação; Espaços Informacionais Colaborativos; Inteligência Coletiva.

Defesa de Tese de Doutorado

 

Aluno(a): Tiago Emmanuel Nunes Braga

Título: PROPOSTA DE MODELO PARA GESTÃO DA INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA NO PROGRAMA BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA

Data: 14/11/2018

Horário: 14h

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Profª Drª Elmira Luzia Melo Soares Simeão

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Prof. Dr. Pablo Parra Valero

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Prof. Dr. Fausto Miguel Cereja Seixas Freire

Membro Titular: Profª Drª Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares

Membro Suplente: Profª Drª Cecilia Leite Oliveira

 

 

Resumo: O estudo propôs um modelo de gestão da informação tecnológica para o Programa Brasileiro de Avaliação do Ciclo de Vida. A discussão foi fundamentada no método qualitativo, a partir da concepção construtivista. Como recursos metodológicos utilizou análise documental da documentação publicada pelo Programa Brasileiro de Avaliação do Ciclo de Vida e a teoria fundamentada para análise de entrevistas junto a representantes da Rede Global de Acesso a Dados de ACV. Ao final do estudo foi possível propor um modelo de gestão da informação para o Programa Brasileiro de Avaliação do Ciclo de Vida a partir de de categorias preliminares e categorias teóricas, ambas insumos provenientes da análise documental e análise das entrevistas.

 

 

Palavras-chave: Informação tecnológica, Avaliação do ciclo de vida, Gestão da informação.

Defesa de Qualificação de Doutorado

Aluno(a): Mônica Regina Peres

Título: “Formação de acervos como resultado de práticas pedagógicas”

Data: 04/10/2018

Horário: 14h30

 

Primeira Opção: Banca Examinadora de Defesa de Tese de Doutorado

Presidente: Dr. Antônio Miranda

Membro Titular Externo à Universidade de Brasília: Drª Aurora Cuevas

Membro Titular Externo: Dr. Benedito Medeiros

Membro Titular (vinculado ao PPGCINF): Drª Elmira Simeão

Membro Suplente: Drª Márcia marques

 

Resumo: Esta Tese trata da formação de acervos de uma biblioteca universitária, onde os avanços tecnológicos e as formas de acesso à informação por parte dos usuários estão em constante mudanças. O estudo foi realizado com a formação de acervo da produção discente do Centro de Documentação da Faculdade de Comunicação da unidade acadêmica da Universidade de Brasília, foram desenvolvidas coleções digitais a partir de coleções físicas, formando parte do repositório de Coleções Especiais Digitais da Biblioteca Central da universidade. Foram construídos manuais para os procedimentos de digitalização e submissão, bem como os fluxos para o acervamento após produção na unidade. Houve o envolvimento de 03 grupos de alunos em semestres distintos com a participação de professores e da pesquisadora nas propostas e atividades. Com o objetivo de identificar os acervos da unidade acadêmica e sua produção, houve a necessidade de entender a influência quanto aos direitos autorais e as resoluções internas da instituição. O objetivo geral do estudo foi validar um processo para a formação das coleções de um acervo para biblioteca universitária, onde as necessidades quanto ao uso e busca da informação também foram consideradas a partir de pesquisa realizada com os grupos envolvidos.

 

Relatório Intermediário de Dissertação de Mestrado

 

 

 

 

Aluno(a): Alex de Oliveira Costa

Título:“Documentos arquivísticos digitais: custódia, pós-custódia e os modelos de gestão de documentos arquivísticos”

Data: 05/10/2018

Horário: 14h30

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Profª Drª Cynthia Roncaglio

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Profª Drª Margareth da Silva (UFF)

Membro Titular: Prof Dr Renato Tarciso Barbosa Sousa

Membro Suplente: Profª Drª Angelica Alves da Cunha Marques

 

Resumo: Grande parte dos documentos de arquivo são produzidos atualmente em ambiente digital. A implantação de sistemas informatizados para produção desses documentos ocasionou um profundo desafio a respeito da preservação e acesso aos documentos arquivísticos digitais. Os princípios e conceitos que nortearam a teoria e a prática da Arquivologia baseada na escrita sobre o papel parecem não ser mais suficientes para explicar e orientar a atual produção desses documentos. Diante desses questionamentos, esta pesquisa tem como objetivo analisar os argumentos e pressupostos apresentados pelas vertentes arquivísticas custodialistas e pós-custodialistas, e quais são os modelos atuais de gestão de documentos arquivísticos digitais que as representam. Os custodialistas reafirmam a validade dos princípios básicos e conceitos da Arquivologia frente aos desafios impostos por esse novo ambiente, defendendo a custódia arquivística. Os pós-custodialistas questionam os princípios e conceitos arquivísticos, indicando um novo paradigma científico para a área.

 

 

 

Palavras-chave: Arquivologia; Custódia; Pós-custódia; Modelos de gestão de documentos.

Defesa de Qualificação de Doutorado

 

Aluno(a): Tarcísio Teixeira Alves Junior

Título: “A efetividade dos modelos de concessão de cotas de bolsas de pós-graduação: um estudo de bibliometria da produção acadêmico-científica de egressos e de análise dos fluxos informacionais em instituições de fomento à pesquisa no Brasil e na Espanha”

Data: 25/09/2018

Horário: 10h

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Prof Dr Renato Tarciso Barbosa de Sousa

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Profª Drª Samile Andréa de Souza Vanz (UFRGS)

Membro Titular: Prof Dr João de Melo Maricato

Membro Suplente: Profª Drª Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares

 

Resumo: O presente estudo pretende desenvolver uma análise dos modelos de concessão de cotas de bolsas em uma instituição de fomento à pesquisa no Brasil, bem como identificar e caracterizar os processos de gestão organizacional referentes ao fluxo informacional nas unidades operacionais envolvidas na formatação dos modelos de concessão de bolsas. Adicionalmente, serão prospectados os processos similares do fluxo informacional em instituições de fomento à pesquisa espanholas. O estudo apresenta motivação na necessidade de se verificar a efetividade das bolsas de estudos provenientes de programas de concessão de cotas aos Programas de Pós-Graduação integrantes do Sistema Nacional de Pós-Graduação, com o intuito de se aperfeiçoar o financiamento público à pós-graduação no país. Com esse propósito, inicialmente serão recuperados os dados referentes à produção acadêmico-científica de egressos do SNPG (bolsistas e não-bolsistas) em bases de dados mantidas na instituição de fomento à pesquisa nacional, sendo posteriormente conduzida uma análise bibliométrica da produção, a partir de agrupamentos por área do conhecimento e de avaliação, nota dos cursos, e programa de fomento institucional. Serão também prospectados e caracterizados os processos envolvidos na gestão da informação e do conhecimento relacionados à elaboração de modelos de concessão de bolsas pela instituição de fomento à pesquisa nacional e em instituições espanholas, por meio de pesquisa documental, observações in loco, entrevistas e questionários aos gestores das organizações. Espera-se que ao final do estudo seja possível subsidiar a elaboração de modelos aperfeiçoados para concessão de bolsas pela instituição de fomento à pesquisa nacional, incorporando variáveis alternativas provenientes das análises bibliométricas, na construção de algoritmos de concessão de cotas de programas de fomento da instituição. Bem como, a partir de um mapeamento das diferenças de procedimentos de gestão da informação e do conhecimento implementados pelas instituições prospectadas, pretende-se propor melhorias nos processos de gestão organizacional na instituição de fomento à pesquisa nacional. Ademais, ao serem caracterizadas as particularidades dos fluxos informacionais nas instituições de fomento à pesquisa que apoiam a formação de recursos humanos à nível de pós-graduação, serão considerados conceitos que norteiam a Gestão da Informação e Gestão do Conhecimento de forma a contribuir para a consolidação desses temas no arcabouço teórico da Ciência da Informação, trazendo à tona elementos informacionais e processos de gestão organizacional peculiares em instituições dessa natureza.

 

 

Palavras-chave: Instituições de fomento à pesquisa; Bolsas de pós-graduação; Bibliometria; Gestão da Informação; Gestão do Conhecimento.

Defesa de Dissertação de Mestrado

 

Aluno(a): MANUELA CAROLINA BORGES BARBOSA    

Título: A LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO BRASIL: análise da convergência entre os princípios da lei e o conteúdo das solicitações dos usuários

Data: 19/09/2018

Horário: 15h

 

 

Composição da Banca:

Presidente: Profª Drª Georgete Medleg Rodrigues

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Profª Drª Elen Cristina Geraldes (UnB/PPGCOM/FAC)

Membro Titular: Prof Dr Fernando César Lima Leite

Membro Suplente: Prof Dr Rodrigo Rabello da Silva

 

Resumo: A Lei de Acesso à Informação (LAI), promulgada no Brasil em novembro de 2011, regulamentou o direito de acesso à informação pública. Dentre os princípios norteadores da LAI estão a transparência, a publicidade dos atos públicos, o controle social, a prestação de contas, o interesse público e a participação cidadã. O objetivo geral da pesquisa é analisar se há adequação das demandas dos usuários a esses princípios e identificar as principais razões para sua inadequação. Os procedimentos metodológicos consistiram na análise de conteúdo conforme proposto por Laurence Bardin, por meio de amostragem das solicitações destinadas aos Ministérios da Fazenda, Educação, Saúde, Previdência e Trabalho, que compõem o universo da pesquisa, entre julho de 2015 e julho de 2017 e a partir do qual foram categorizadas as demandas em quatro grandes categorias. Os resultados apontam que a maior parcela dos usuários solicita informações de interesse estritamente pessoal e outra parte significativa tem motivações econômicas. As demandas que evidenciaram controle social, principal objetivo da LAI, são minoria. A partir da amostra analisada revelou-se que mais da metade dos solicitantes não compreendem as reais finalidades desse instrumento e que uma fração das requisições poderia ser atendida por outros meios.

 

 

Palavras-chave: Lei de acesso à informação. Transparência pública. Cidadania. Demandas de usuários da LAI.