• 20160830_085847.jpg
  • 20160830_085830.jpg
  • 20160830_090216.jpg
  • 20160830_090251.jpg
  • 20160830_085747.jpg

O Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação convida a todos para as defesas de mestrado e doutorado conforme dados abaixo:

Relatório Intermediário de Mestrado

 

Título: O Processo Administrativo no âmbito do Programa de Gestão de Documentos

 

Aluno: Ítalo Henrique Alves

Data: 19/10/2016

Horário: 9h

Local: 213

Banca Examinadora de Defesa de Relatório Intermediário de Mestrado

Presidente: Renato Tarciso Barbosa de Sousa

Membro Titular Externo ao PPGCINF: Ana Célia Rodrigues

Membro Titular Interno: Eliane Braga de Oliveira

Membro Suplente: Rogério Henrique de Araújo Júnior

Resumo:

 

Resumo:

O Processo Administrativo, é, se analisado pelos normativos do Direito Público, a espécie documental mais importante para a Administração Pública Federal. Sua escolha como espécie responsável por tratar de assuntos críticos ou complexos é resultado de um processo histórico que envolve a formação do Estado brasileiro. Ao mesmo tempo em que pe perceptível sua importância, é notável a ausência de estudos arquivísticos relacionados a essa espécie. Como um documento dotado de características próprias, que se distingue dos outros documentos e que exige regras próprias para seu controle, o Processo Administrativo precisa ser mais bem situado dentro do Programa de Gestão de Documentos. Para estudá-lo considerando seus caracteres específicos, esse projeto tem por objetivo a definição de um modelo para o tratamento técnico - cientifico dessa espécie, abordando aplicação e o controle dos procedimentos vinculados a ela (os procedimentos de protocolo), dentro do Programa de Gestão de Documentos. A partir desse modelo, pretende-se contribuir no atendimento à normatização, na garantia da autenticidade e na facilitação da recuperação da Informação. Trata-se de um estudo descritivo, qualitativo e prático. Esse trabalho será realizado por meio da revisão bibliográfica das áreas de História Administrativa do Estado Brasileiro, Arquivística ( incluindo Gestão de Documentos), Diplomática e Direito Administrativo. Os dados serão coletados por meio da Análise Documentária de normativos sobre o assunto e serão analisados por meio de Análise de Conteúdo. Análise Diplomática será utilizada para estruturação dos dados identificados e para definição de critérios relacionados à autenticidade da espécie documental. Por fim, objetiva-se  identificar os procedimentos aplicados ao Processo Administrativo dentro do Programa de Gestão de Documentos, de modo que seja possível realizar a aplicação e controle desse procedimentos, atendendo aos normativos legais, preservando a autenticidade e garantindo a recuperação da informação.

Palavras-chave: Processo Administrativo, Gestão de Documentos, Protocolo, Procedimentos de Protocolo, Diplomática. 

 

 

 

 

 

Qualificação de Doutorado

 

Título: COMUNICAÇÃO DE DADOS DE PESQUISA SOBRE O ZIKA VÍRUS E AS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS.

 

Aluna: Michelli Pereira da Costa

Data: 22 de setembro de 2016

Horário: 9h

Local: Sala 120

 

Banca Examinadora de Qualificação de Doutorado

 

Presidente: Fernando César Lima Leite (UnB/PPGCINF)

Membro Titular Externo ao PPGCInf:  Sely Maria de Souza Costa (UnB/PPGCINF)

Membro Titular: Patrícia Rocha Bello Bertin (Embrapa)

Membro Suplente: Fernanda Passini Moreno (UnB/PPGCINF)

Resumo:

 

O estudo tem por objetivo analisar os fatores que exercem influência na comunicação dos dados de pesquisa sobre as doenças causadas pelo Zika vírus e as doenças negligenciadas. A discussão será fundamentada em perspectivas teóricas da ciência da informação, em modelos de comunicação científica que tratam dos dados de pesquisa, do contexto teórico em que se insere a discussão a respeito das doenças negligenciadas bem como dos princípios relacionados à comunicação dos dados de pesquisa. A pesquisa é de natureza qualitativa e pressuposto filosófico ontológico. Para a coleta e análise de dados serão utilizadas as estratégias relacionadas à Revisão Sistematizada da Literatura e da Teoria Fundamentada

Qualificação de Doutorado


Título: Expologia, história das exposições e musealização: a importância da documentação sobre exposições em museus de arte moderna criados na primeira metade do século XX.

 

Aluna: Monique Batista Magaldi
Data: 19 de setembro de 2016
Horário: 14h30
Local: Sala 120

 

Banca Examinadora de Qualificação de Doutorado

Presidente: Emerson Dionísio Gomes de Oliveira (UnB/PPGCINF)
Membro Titular Externo ao PPGCInf: Ana Elisabet de Almeida Medeiros (UnB/FAU/THA)
Membro Titular: Ana Lúcia de Abreu Gomes (FCI/PPGCINF)
Membro Suplente: Nelson Fernando Inocêncio da Silva (UnB/IdA/VIS)

Resumo:

A pesquisa propõe compreender a contribuição da documentação sobre exposições para estudos em Expologia e história das exposições, a partir da documentação resultante de experiências de releitura de exposições realizadas em museus brasileiros de arte, criados na primeira metade do século XX. Os documentos originados das exposições são considerados como sendo relevantes para o histórico institucional, podem ser projetos, relatórios e/ ou dossiês, impressos e digitais, de diferentes setores envolvidos; cartas impressas e correios eletrônicos; lista de acervos selecionados e expostos; fotografias e filmagens do acervo e das salas da exposição; planta-baixa; filmagens com registros de pesquisas; falas dos curadores envolvidos e convidados para refletir sobre as atividades desenvolvidas (pelos setores de curadoria, educativo, pesquisa, entre outros); Atas; clippings; entre outros documentos. Os referidos documentos tanto podem ser documentados nos arquivos, bibliotecas, setores de documentação de acervo museológico, setor de expografia e/ou pesquisa. Em alguns museus, a documentação é dividida em diferentes setores. Enquanto patrimônio efêmero nos museus, a documentação sobre exposições poderia ser compreendida como parte do processo de musealização, enquanto patrimônio musealizado, mas que pode ser processada tanto nos arquivos quanto em bibliotecas e setores de documentação museológica existentes nos museus de arte, sendo, assim, um tema de interesse tanto para a Arquivologia quanto para Biblioteconomia e Museologia. Estudos desenvolvidos até o momento sobre o tema relacionam a referida documentação à história das exposições e dos museus de arte. A Expologia seria um conceito pouco difundido no Brasil, aparecendo ora como campo autônomo, ora como uma subárea da Museologia e que trataria sobre a teoria das exposições. Deste modo, acredita-se que a referida documentação é uma importante fonte de reflexão para o campo da Ciência da Informação e da Museologia. O objetivo é analisar a importância da documentação sobre exposições em museus de arte moderna para estudos em Expologia, enquanto subárea da Museologia. O resultado esperado é apresentar contribuições teórico-conceituais a partir de recorte temporal e temático, baseado na documentação de exposições desenvolvidas a partir de releituras, realizadas entre 2006 e 2016, de exposições em museus brasileiros de arte criados na primeira metade do século XX, existentes no eixo Rio-São Paulo: Pinacoteca do Estado de São Paulo, criado em 1905, Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), criado em 1937, Museu de Arte de São Paulo (MASP), de 1947, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) e Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ), ambos fundados em 1948.

 

Banca de Defesa de Tese de Doutorado - Um Modelo Híbrido de Recuperação de Informação e Conhecimento Baseado na Síntese de Mapas Conceituais Obtidos por Operações de Transformação de Redes Complexas Orientadas por Busca de Relacionamentos entre Termos de Consulta em Bases de Dados Ligados


Aluno: Henrique Monteiro Cristovão
Data: 12/08/2016
Horário: 14h30
Local: Sala da Pós-graduação



Presidente: Prof. Dr. Jorge Henrique Cabral Fernandes? PPGCINF/UnB
Membro Titular Externo à Universidade de Brasilia: Prof. Dr. Alberto J. Cafias - Florida
Institute for Human & Machine Cognition (IHMC), Pensacola - FL- USA
Membro Titular Externo ao PPGCINF: Prof. 2 Dra. Fernanda Lima - CIC/UnB
Membro Titular Interno: Prof. Dr. Rogério Henrique de Araújo
Membro Titular: Prof. Dr. Ricardo Barros Sampaio ? PPGCINF/UnB
Membro Suplente: Prof. Dr. Fernando William Cruz ? FGA/UnB Gama




Resumo: Investiga e desenvolve um modelo de recuperação da informação e conhecimento em bases de dados ligados, baseado na transformação de redes complexas obtidas a partir busca por relacionamentos entre os termos de uma consulta formulada pelo usuário. Os relacionamentos derivados dos termos originais da consulta são obtidos a partir de buscas em uma base de dados ligados (linked data), gerando uma cadeia de transformações sobre redes de triplas RDF, baseadas em métricas de análise de redes complexas. A pesquisa é exploratória, buscando de forma simultânea o desenvolvimento de formulações
teóricas sobre sistemas de recuperação da informação, o estudo de suas implicações práticas do ponto de vista das tecnologias atualmente disponíveis, e a coleta de dados empíricos decorrentes de seguidas iterações de modelagem, implementação e teste de protótipos de um sistema computacional. Operações de análise de redes complexas foram usadas para ranqueamento e seleção de informações recuperadas, que depois retroalimentam novas buscas para expansão da rede de informação. Por intermédio do protótipo implementado, o modelo foi validado com um grupo de dezessete usuários potenciais. 0 grau de satisfação com os resultados sugere qualitativamente que o modelo possui boa precisão e revocação. Foram de grande relevância as iteradas operações de transformação das redes na retroalimentação do modelo. Há indícios da necessidade de maiores bases de conhecimento. A rede final é mapeada em um mapa conceitual, e o modelo desenvolvido foi analisado à luz da equação fundamental da Ciência da Informação de Brookes e da aprendizagem significativa de Ausubel. A natureza interdisciplinar do modelo permitiu explorar de forma diferenciada e original a recuperação de informação e conhecimento em bases de dados ligados, apontando relevância de investigações futuras. 0 resultado culminou no desenvolvimento de um modelo híbrido de recuperação de informação e conhecimento que é simultaneamente fundamentado nos três paradigmas correntes da Ciência da Informação: físico, cognitivo e social.

 

 

Defesa de Qualificação de Doutorado: SOBRE OS OMBROS DE GIGANTES: Conceito Unívoco do Termo Informação para a Ciência da Informação e suas Implicações para a Recuperação da Informação.

 

Aluno: Mara Cristina Salles Correia

Data: 20/07/2016

Horário: 15:00h

Local: Sala da Pós

 

Banca examinadora de Qualificação de Doutorado:

Presidente: Profº Dr. Tarcisio Zandonade

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Profª Dra Solange Puntel Mostafa

Membro Titular: Profª Dra Suzana Pinheiro Machado Mueller

Membro Suplente: Profª Dra Ivette Kafure Muñoz

 

Resumo: A partir do conceito lógico de ‘univocidade’ observa-se que o conceito unívoco do termo ‘informação’ produz uma recuperação mais eficiente, medida pelos índices convencionais dos sistemas de recuperação da informação (índices de pertinência, de precisão, de relevância, e de revocação). Assim, o conceito ‘original’ do termo ‘informação’ definido como unívoco mostra-se o mais eficiente para uma definição de ‘informação’ que seja relevante, de forma singular, para a Ciência da Informação. O caráter único da definição de ‘informação’ torna possível a criação de consenso de definição, ainda muito inadequada na história da Ciência da Informação. A ocorrência na literatura e na prática científica de uma infinidade de diferentes significados do termo ‘informação’ produz, no processo de recuperação da informação, resultados altamente ambíguos. A proliferação de divergentes tipos de conceitos de ‘informação’ impede uma recuperação da informação que seja congruente com as necessidades dos produtores e dos usuários do conhecimento, consequentemente gerando um déficit de economia e de tempo daqueles que conduzem a pesquisa científica. Assim, torna-se categórico que, para que a recuperação da informação seja efetiva, é necessário que a definição do termo ‘informação’ em Ciência da Informação seja unívoca. Nesta investigação utiliza-se a metodologia da revisão bibliográfica e da pesquisa exploratória com abordagem quantitativa. Por meio de questionários aplicados à ‘comunidade de informação’, pretende-se identificar os conceitos de ‘informação’ presentes na literatura da Ciência da Informação e na prática da consequente Tecnologia da Informação, para selecionar aqueles significados relevantes para a Ciência da Informação. Torna-se evidente que o significado ‘original’ e unívoco de ‘informação’ torna efetiva a recuperação da informação, permitindo a conclusão de um consenso entre os cientistas na área da Ciência da Informação, para a elaboração de uma definição de informação, cujo significado seja unívoco. Dessa forma, conclui-se que “a informação consiste no processo de registro do conhecimento em suporte físico e comunicável pela leitura”.

 

Palavras-chave: Univocidade; Teoria Unívoca da Informação; Recuperação da Informação; Definição de informação; Conceito de informação. Singularidade da informação.

Defesa de Qualificação de Doutorado: ACESSO À INFORMAÇÃO PÚBLICA NA AMÉRICA LATINA: ESTUDO DA RECEPTIVIDADE LEGAL DOS PRINCÍPIOS TEÓRICOS DE ACESSO À INFORMAÇÃO.

 

Aluno: Thiago Gomes Eirão

Data: 02/08/2016

Horário: 14h30

Local: A definir

 

Banca Examinadora de Defesa de Qualificação de Doutorado

Presidente: Prof Dr Fernando César Lima Leite

Membro Titular Externo ao PPGCINF: Profª. Drª. Terezinha Elisabeth da Silva

Membro Titular Interno: Profª. Drª. Georgete Medleg Rodrigues

Membro Suplente: Prof Dr Renato Tarciso Barbosa de Sousa

 

Resumo: De acordo com a literatura, a maneira mais aplicada para compreender como se dá o acesso à informação, seja em um país ou em vários, reside na análise das leis de acesso à informação. O projeto de pesquisa de doutorado tem por objetivo identificar o grau da receptividade legal dos princípios teóricos de acesso à informação pública nas Leis de Acesso à Informação de países da América Latina. Trata-se de estudo a ser realizado sob a ótica da concepção pragmática, a qual, segundo Creswell (2010, p. 35) “não veem o mundo como uma unidade absoluta, [...] focam no o que e como e sabem que a pesquisa ocorre em contextos sociais, históricos e políticos”.Do ponto de vista do propósito e da abordagem metodológica se enquadra como descritiva e qualitativa, respectivamente. Adota como métodos, em seus diferentes estágios, a revisão sistemática da literatura e a pesquisa documental. Espera-se alcançar os seguintes resultados: proposição, com base na literatura, modelo que permita aferir grau de receptividade legal dos princípios teóricos de acesso à informação pública; análise de leis de acesso à informação na América Latina com base no modelo proposto; descrever de características das leis de acesso à informação na América Latina tendo em vista princípios teóricos de acesso à informação pública; classificar os países da América Latina quanto ao acesso à informação.

Defesa de Dissertação de Mestrado: Descoberta de conhecimento na base documental do Prêmio Professor Samuel Benchimol: prospecção e análise de informações sobre a região amazônica de 2004 a 2015

 

Aluno: Carlos Jacobino Lima

Data: 28/07/2016

Horário: 15h00

Local: A definir

 

Banca Examinadora de Defesa de Dissertação de Mestrado:

Presidente: Profa Dra Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares

Membro Titular Externo ao PPGCINF: Prof. Dr. Ailton Luiz Gonçalves Feitosa

Membro Titular Interno: Prof. Dr. Renato Tarciso Barbosa de Sousa

Membro Suplente: Profa Dra Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasque

 

Resumo: A Região Amazônica tem sofrido com a desatenção da sociedade. Há décadas os problemas sociais, econômicos e ambientais são resolvidos de maneira assistemática, reativa e sem soluções definitivas. Na tentativa de reverter a situação, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior instituiu em 2003 o Prêmio Prof. Samuel Benchimol, um certame que chama a sociedade a pensar os problemas da Amazônia sob as

suas perspectivas ambiental, econômica-tecnológica e social. Somaram-se, nos últimos 12 anos, por meio deste prêmio, centenas de projetos, ideias e propostas que refletem as necessidades de desenvolvimento da Região. Este trabalho teve por objetivo identificar, classificar e organizar as propostas apresentadas, por meio da análise do acervo documental do Prêmio Prof. Samuel Benchimol. Como metodologia deste estudo, foram aplicados processos de recuperação da informação em bases de dados não estruturadas, com a utilização de técnicas da Bibliometria e da Análise de Conteúdo, automatizadas em software de mineração de texto. Na perspectiva ambiental, as principais questões encontradas foram correlacionadas à implantação de alternativas para a educação ambiental nas comunidades locais e na escola, a valorização do meio ambiente, a preservação e conservação do ecossistema e da biodiversidade e a recuperação das áreas degradadas, em especial das matas ciliares. Na perspectiva econômico-tecnológica, os pontos principais estão correlacionados ao desenvolvimento da Amazônia pelo empreendedorismo consciente, as propostas para uso de tecnologias sustentáveis para aumento da qualidade e da quantidade da produção, além da necessidade de promoção e ampliação da indústria sustentável da região.

Já para a natureza social, as questões-chave consistem nas propostas de iniciativas para inclusão social, nos problemas de vulnerabilidade social das famílias, em especial as crianças e os idosos, nos projetos e nos programas para geração de empregos e renda para os jovens, nos projetos de prevenção e controle de doenças e morbidades frequentes na Amazônia; e nos problemas de saneamento básico e baixa qualidade da água.

Palavras-chave: Recuperação da informação. Bibliometria. Mineração de textos. Prêmio Prof. Samuel Benchimol. Amazônia.

Defesa de Dissertação de Mestrado: O prestígio dos periódicos científicos na comunidade de Arquivologia no Brasil: Uma análise de citação (2010-2013).

 

Aluno: José Mauro Gouveia de Medeiros

Data: 18/07/2016

Horário: 09:00h

Local: Sala da Pós

 

Banca Examinadora de Defesa de Dissertação de Mestrado:

Presidente: Jayme Leiro Vilan Filho

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Sonia Elisa Caregnato

Membro Titular: Angélica Marques

Membro Suplente: Ricardo Barros Sampaio

 

Resumo: Trata-se de uma pesquisa que contempla o estudo bibliométrico que analisa as características dos periódicos científicos brasileiros da Arquivologia mais citados nos artigos publicados entre os anos de 2010 e 2013. A pesquisa apresenta sínteses de pesquisas sobre a literatura científica arquivística brasileira, recuperados através de um levantamento bibliográfico, cujas fontes foram: a base de dados ABCDM, o serviço de referência da Biblioteca Central da Universidade de Brasília, o portal de periódicos da CAPES e no site Google Acadêmico. Adotou-se como metodologia a bibliometria, através da técnica de análise de citações. Os principais tipos de canais de comunicação das referências foram os livros e

artigos de periódicos científicos, que juntos representam mais de 50% do total. Apresenta também um ranking completo de todas as tipologias documentais mais referenciadas.

Observou-se que os principais periódicos nacionais mais presentes nas citações estudadas são Estudos Históricos, Ciência da Informação, Arquivo & Administração, DataGramaZero, Acervo e Arquivística.net. Os periódicos internacionais mais citados foram Archivaria, Archival Science, American Archivist, Journal of the American Society for Information Science and Technology. Os principais países dos periódicos citados na amostra são o Brasil, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Portugal e França. Os idiomas mais citados nos periódicos das referências estudadas foram o português, inglês, espanhol e francês.

 

Palavras-chave: Periódico científico. Arquivologia. Bibliometria. Análise de citação. Brasil.

Comunidade científica.

Banca examinadora de defesa de tese de Doutorado do(a) aluno(a) Carlos Henrique Juvêncio

Título: Manoel Cícero Peregrino da Silva e a Documentação no Brasil: gênese e ideais.

 

Data: 30/09/2016

Horário: 14:30h

Local: A definir

 

Banca Examinadora de Defesa de Tese de Doutorado

Presidente: Profa. Dra. Georgete Medleg Rodrigues (UnB/PPGCINF)

Membro Titular Externo à Universidade de Brasília: Prof. Dr. Gustavo da Silva Saldanha (PPGCI/ IBICT/UFRJ)

Membro Titular Externo ao PPGCINF: Profa. Dra. Teresa Cristina Kirschner (UnB/PPGHIS)

Membro Titular Interno: Profa. Dra. Eliane Braga de Oliveira (UnB/PPGCINF)

Membro Titular: Prof. Dr. Rodrigo da Silva Rabello (UnB/FCI)

Membro Suplente: Profa. Dra. Giulia Crippa (Faculdade de Filosofia Ciências e Letras USP/Ribeirão Preto)

 

 

 

Resumo: Os belgas Paul Otlet e Henri La Fontaine, em finais do século XIX, criam o Instituto Internacional de Bibliografia que, para além de criar uma grande fonte de informação universal, foi pioneiro na adoção de novos modos de tratamento dos acervos documentais, sobretudo na Europa e nas Américas, inaugurando a concepção de Documentação. Manoel Cícero Peregrino da Silva, diretor da Biblioteca Nacional brasileira entre os anos de 1900 e 1924, adotou várias mudanças na instituição como a inauguração de um novo prédio, reorganização de seu acervo, criação de novos serviços e, em certa medida, pareceu seguir a trilha aberta por Otlet e La Fontaine. Esta tese busca fazer um inventário das ações de Peregrino da Silva e em que medida essas ações contribuíram para a Documentação no Brasil e seu engajamento nos ideais de paz de Paul Otlet e La Fontaine, por meio da análise de sua trajetória como intelectual e de sua atuação na direção da Biblioteca, bem como do contexto político nacional. Trata-se de uma pesquisa quali-quantitativa, histórico-documental, baseada na documentação de diferentes arquivos brasileiros e no arquivo do Mundaneum, na Bélgica. Como referencial teórico, adotamos a concepção de alguns autores sobre o papel dos intelectuais na sociedade, sobre o desenvolvimento da ciência no Brasil e a sociedade brasileira à época. Para compreender os ideais de Paul Otlet e Henri La Fontaine recorremos aos escritos do próprio Otlet, à Mattelart, Rayward, Fayet-Scribe e Blanquet. Com relação às origens da Documentação no Brasil foram selecionados textos de Oddone, Ortega, Sambaquy, Fonseca e Castro. Como conclusão, constatamos que: a) o papel intelectual de Peregrino da Silva frente à Biblioteca Nacional fez da instituição um polo para onde confluíam as discussões intelectuais no período; b) várias das ideias de Paul Otlet e Henri La Fontaine foram postas em prática na Biblioteca Nacional e que esta foi a primeira instituição a adotar as práticas documentalistas no tratamento de seu acervo e no desenvolvimento de seus produtos e serviços; c) Peregrino da Silva foi pioneiro no  entendimento e aplicação das técnicas da Documentação no país.

 

 

 

Palavras-chave: Biblioteca Nacional. Documentação. Instituto Internacional de Bibliografia. Henri La Fontaine. Manoel Cícero Peregrino da Silva. Paul Otlet.

Banca examinadora de relatório intermediário de dissertação de mestrado do(a) aluno(a) Rafael Barcelos Santos

Título: Perfil do bibliotecário universitário nas iniciativas formadoras de Competência em Informação (CoInfo): Uma abordagem contemporânea para o profissional da informação.

Data: 17/08/2016

Horário: 16h

Local: A definir

 

Banca Examinadora de Defesa de Relatório Intermediário de Mestrado Presidente: Professora Elmira Simeão (PPGCinf/UnB)

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Professora Regina Belluzzo (UNESP/Bauru)

Membro Titular: Professora Lilian Alvares (PPGCinf/UnB)

Membro Suplente: Professor Antonio Miranda (PPGCinf/UnB)

 

 

Resumo: A presente investigação aborda o perfil do bibliotecário universitário nas iniciativas formadoras de Competência em Informação, tendo como base as dimensões de conhecimentos, habilidades e atitudes. Através da revisão de literatura, apresenta as transformações do conceito de Competência em Informação ao longo das décadas de 1970, 1980, 1990 e nas perspectivas atuais da temática para a sociedade da informação, bem como realiza um estudo bibliométrico referente à dinâmica de uso dos termos empregados para representar o Movimento de Information Literacy no Brasil. Em seguida, o referencial teórico é destinado ao mapeamento, à sistematização e à descrição dos atributos das dimensões de conhecimentos, habilidades e atitudes no cenário da Competência em Informação e das características profissionais para o bibliotecário universitário atuante nas iniciativas formadoras de usuários competentes em informação. No ambiente acadêmico, verifica que o perfil esperado para o bibliotecário universitário nas ações direcionadas à consolidação da Competência em Informação é de um profissional pesquisador capaz de atuar nas redes de intercâmbio das experiências bibliotecárias, além de ser um agente mediador do aprendizado e promotor da prática de pesquisa diante do processo de apropriação das informações e de construção do conhecimento.  Para tanto, esta pesquisa identifica e analisa os atributos dos bibliotecários pesquisadores da Rede de Bibliotecas das Unidades de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (RBP/MCTI) que podem contribuir para a construção e o desenvolvimento do perfil de pesquisador do bibliotecário universitário, visto que a Rede é formada por profissionais da informação especializados e altamente qualificados no que diz respeito à técnica de busca e recuperação das informações científicas e tecnológicas relevantes. Como resultado parcial da pesquisa mista, aponta as contribuições quanto ao levantamento dos atributos das dimensões de conhecimentos, habilidades e atitudes em consonância com o Movimento de Competência em Informação. Conclui que o perfil de pesquisador do bibliotecário universitário viabiliza o progresso das atividades de ensino, pesquisa e extensão das universidades, alicerçado nos fatores de inovação científica e tecnológica.

 

Palavras-chave: Perfil do bibliotecário universitário. Competência em Informação. Bibliotecários pesquisadores. Rede de Bibliotecas das Unidades de Pesquisa. Profissionais da informação.