• 20160830_085747.jpg
  • 20160830_085830.jpg
  • 20160830_085847.jpg
  • 20160830_090251.jpg
  • 20160830_090216.jpg

O Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação convida a todos para as defesas de mestrado e doutorado conforme dados abaixo:

Banca examinadora de defesa de dissertação de mestrado do aluno BERNARDO DE BARROS ARRIBADA,

 

Título: Tratamento Informacional da Coleção Telegráfica do Museu Correios: análise da perspectiva científica, tecnológica e de cultura material

 

Data: 16 de fevereiro de 2016

Horário: 09h00

Local:

 

Banca Examinadora de Defesa de Dissertação de Mestrado

Presidente: Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares

Membro Titular Interno ao PPGCInf: Profa. Dra. Ana Lúcia Abreu Gomes

Membro Titular: Profa. Dra. Diana Farjalla Correia Lima

Membro Suplente: Profa. Dra. Miriam Paula Manini

 

 

Resumo: O Museu Correios (MC), instituição ligada à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), detém em seu acervo grande parte da História das Comunicações no Brasil, materializada em sua coleção telegráfica. Esses objetos, ao serem processados pela chamada Documentação em Museus, tornam-se objetos-documento dessa história. No entanto, as informações museológicas dos objetos e seus contextos históricos e tecnológicos não estão processadas de acordo com as normas técnicas de documentação propostas por órgãos nacionais e internacionais que se debruçam sobre o tema. Essa situação não é favorável para o Museu Correios enquanto instituição de pesquisa, produtora de informação e, consequentemente, de conhecimento. Neste cenário, a presente pesquisa, baseando-se nas teorias da Cultura Material que visam análise e descrição de objetos, buscou identificar metodologia apropriada para a Documentação no Museu Correios. Assim, foi possível concluir que esses métodos podem ser aplicados ao ambiente museológico no momento da chamada Análise da Informação em Museologia, processo que faz parte da chamada Documentação em Museus.

 

Palavras-chave: Patrimônio Científico e Tecnológico. Documentação e Informação em Museus. Análise da Informação. Museu Correios. Coleção Telegráfica.

 

Banca examinadora de dissertação de mestrado do(a) aluno(a)Flávia Moreno Alves de Souza

 

Título: Impacto do fator emocional no usuário quando da recuperação de informação da homepage do Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Aids e Hepatites do Ministério da Saúde.

 

Data: 15/02/2016

Horário: 14h

Local:

 

Banca Examinadora de Defesa de Dissertação de Mestrado

Presidente:Prof.ª Dr.ª Ivette Kafure Muñoz

Membro Titular: Dr.ª Cristina de Albuquerque Possas

Membro Titular: Prof. Dr. Murilo Bastos da Cunha

Membro Suplente:Prof. Dr. Fernando César Lima Leite

 

 

Resumo: Discute a relevância do fator emocional na recuperação de informação. Discorre sobre a necessidade de disponibilização de informações com valor agregado que atendam às necessidades informacionais do usuário e satisfaçam as suas expectativas. Objetiva identificar o impacto do fator emocional no usuário na recuperação de informação da Home Page do Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde. Trata-se de pesquisa qualitativa e exploratória, cujo método utiliza estudo de caso. A análise dos dados mostra que diante da interface, o estado afetivo de 56,92% é negativo e de 43,08% positivo; para 85,71% o estado emocional interfere na busca e recuperação da informação; para 14,28% não interfere. Conclui que a dimensão emocional é fator decisivo na recuperação de informação de saúde dos usuários desta Home Page e há necessidade de aprimoramento da interface, baseado nos princípios do design emocional centrado no usuário para que esta desperte sensações positivas, pois esta é uma ferramenta de orientação na prevenção e no tratamento da epidemia de Aids no país.

Palavras-chave: design emocional; estudo de usuários; interação humano-computador; informação em saúde; HIV/aids.

 

Banca examinadora de defesa de dissertação de mestrado do(a) aluno(a) Fernando Gabriel Corrêa,

 

Título: Influências das tecnologias digitais da informação e comunicação na delimitação conceitual e nas repercussões do Princípio da Territorialidade na Arquivologia e na Ciência da Informação

 

Data: 29 de janeiro de 2016

Horário: 09h

 

Banca Examinadora de Defesa de Dissertação de Mestrado

Presidente:Prof.ª Dr.ª Angelica Alves da Cunha Marques

Membro Titular:Prof.ª Dr.ª Natália BolfariniTognoli

Membro Titular: Prof.ª Dr.ª Eliane Braga de Oliveira

Membro Suplente: Prof. Dr. Renato Tarciso Barbosa de Sousa

 

Resumo:

Esta dissertação de mestrado tem por objeto de estudo as influências que as tecnologias digitais da informação e comunicação desempenham na delimitação conceitual e nas repercussões do Princípio da Territorialidade na Arquivologia, bem como nos seus possíveis reflexos para a Ciência da Informação. Assim, considera a relevância dessas tecnologias ao longo da trajetória histórica, nas definições e nas repercussões desse princípio, especialmente para essas duas disciplinas. O objetivo geral é demonstrar as influências das tecnologias digitais da informação e comunicação na delimitação conceitual e nas repercussões do Princípio da Territorialidade na Arquivologia, se e como elas aparecem na Ciência da Informação. Os objetivos específicos e os métodos consistem, respectivamente, em: buscar referenciais conceituais de “princípio”, “território”, “lugar” e “espaço”, a partir da análise de obras da Filosofia e da Sociologia da Ciência, da Geografia, do Direito e da Arquivologia; delimitar e compreender o Princípio da Territorialidade na Arquivologia, pelo mapeamento das obras arquivísticas mais citadas nas dissertações e nas teses com temáticas relacionadas aos arquivos e à Arquivologia, produzidas nos programas de pós-graduação em Ciência da Informação; compreender o papel mais amplo das tecnologias digitais da informação e comunicação na demarcação da territorialidade, pela identificação de dissertações e teses no banco de teses da CAPES, sem restrição quanto ao programa de pós-graduação. Trata-se, portanto, de uma pesquisa qualitativa e quantitativa, exploratória, descritiva, explicativa e bibliográfica. O recorte temporal inicial da pesquisa refere-se à data de publicação da obra mais antiga e o recorte temporal final é o ano de publicação da última obra analisada. A partir dessas etapas, a pesquisa apresenta: referenciais conceituais do que seja “princípio”, “espaço”, “lugar” e “território”; definições dos termos “digital” e “documento digital” para o Interpares e o ConseilInternationaldesArchives. A dissertação retoma as origens, o desenvolvimento, as definições e repercussões do Princípio da Territorialidade no âmbito da trajetória da Arquivologia como disciplina científica, considerando os desafios trazidos pela informação digital. A análise das obras nos permite observar que, inicialmente, o Princípio da Territorialidade surge no Direito e é posteriormente apropriado e desenvolvido pela Arquivologia. Além disso, verificamos que a delimitação da territorialidade pela Arquivologia é muito influenciada pelas tecnologias da informação e comunicação, como o caráter cultural do documento de arquivo ligado ao espaço virtual da cultura, no âmbito da difusão cultural. A pesquisa identifica, ainda, aproximações do Princípio da Territorialidade com a Ciência da Informação, especialmente nos seus estudos quanto às forças que atuam nos fluxos da informação, nos meios de sua organização e difusão. Em relação ao acesso à informação, este deixa de ser local e se torna global, o que influencia os fluxos informacionais para as duas disciplinas.

Palavras-chave:Princípio. Territorialidade. Tecnologias da informação e comunicação. Arquivologia. Ciência da Informação.

 

Banca examinadora de defesa de dissertação de mestrado do(a) aluno(a) Roberta Penha e Silva Marins

 

Título: Análise de atos normativos: o caso do centro de documentação da Agência Nacional de Energia Elétrica - aneel

 

Data: 16 de fevereiro de 2016

Horário: 14h30

Local: a Definir

Banca Examinadora de Defesa de Relatório Intermediário de Mestrado

Presidente: Prof.ª Dr.ª Fernanda Passini Moreno

Membro Titular: Prof. Dr. Rogério Henrique de Araújo Júnior

Membro Titular: Prof. Dr. João Alberto de Oliveira Lima

Membro Suplente: Prof. Dr. Fernando César Lima Leite

 

Resumo:

A Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel é uma agência reguladora entendida como um ente vinculado ao poder executivo da Administração Pública Federal. Apesar de não ser um órgão do legislativo, ela possui como uma de suas funções a edição de normas que regulamentam o setor de sua jurisdição. Por se tratar de um tipo de informação estratégica para a agência, a correta organização e disseminação dos atos normativos emanados por ela tornou-se uma preocupação central dentro do Centro de Documentação da Aneel, local onde os atos são tratados e disponibilizados. Diante do exposto, nessa pesquisa, será realizada uma análise da indexação das resoluções emanadas pela agência, tendo como ponto de vista a observação de buscas reais por meio do sistema de busca on-line realizada por usuários servidores da agência. Após a coleta, os dados serão comparados com o vocabulário controlado utilizado pela agência com o intuito se estabelecer em quais pontos as buscas realizadas pelos usuários convergem com a indexação realizada pela agência. A pesquisa tem como referencial teórico estudos sobre organização da informação e do conhecimento, análise documentária, indexação, informação jurídica, sistemas de recuperação de informação e estudos de usuários de informação.

Palavras-chave: informação jurídica; organização do conhecimento; análise documentária

Banca examinadora de defesa de tese de doutorado do(a) aluno(a) Claudio Nei Nascimento da Silva

 

Título: Ontogênege Intelectual: o potencial pedagógico da revisão por pares no desenvolvimento da competência científica de pesquisadores em diferentes áreas do conhecimento

                                                                                                                   

Data: 31/03/2016

Horário: 09h30

Local:a designar

 

Banca Examinadora de Defesa de Tese de Doutorado

Presidente: Profª. Drª. Suzana Pinheiro Machado Mueller

Membro Titular: Profª. Drª. Veruska Ribeiro Machado - IFB

Membro Titular: Prof. Dr. José Antonio Moreiro González – UC3M - Madrid

Membro Titular: Profª. Drª. Rosemeire Barbosa Tavares

Membro Titular: Prof. Dr.Fernando César Leite

Membro Suplente: Profª. Drª. Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasque

 

Banca examinadora de defesa de qualificação de tese de doutorado do(a) aluno(a) Thiago Blanch Pires

 

Título: Corpus multimodal de relações discursivas para avaliação de tradução automática

 

Data: 01 de março de 2016

Horário: 10h

Local: Sala da pós graduação

 

Banca examinadora de Qualificação de Doutorado

Presidente: Prof. Dr. Cláudio Gottschalg-Duque

Membro Titular: Prof.ª Dr.ª Dulce Maria Baptista   

Membro Titular: prof. Dr. Lincoln P. Fernandes

Membro Suplente: Prof.ª Dr.ª Ivette Kafure Muñoz

 

 

 

Resumo: Por meio do subsídio teórico e metodológico da Ciência da Informação, mais especificamente da organização da Informação e do conhecimento (Hjørland, 2008), e dos Estudos Linguísticos, mais especificamente da Teoria da Estrutura Retórica (Mann & Thompson, 1986, 1988), da análise multimodal e de gênero textual (Bateman, 2008; Halliday & Matthiessen, 2004), e de elementos da linguística computacional (para a tarefa de avaliação de tradução automática), esta proposta de tese busca identificar os elementos textuais e visuais em documentos multimodais, tais como webpages traduzidos automaticamente por meio da ferramenta Google Translate, com vistas a criação de um corpus para avaliação de tradução automática. A necessidade de uma análise num primeiro momento exploratória e, num segundo, qualitativa para desenvolver a proposta metodológica se pauta na constatação de desvios semânticos em traduções automáticas disponíveis na web e na escassez de estudos nesta área. A investigação visa propor uma estudo que contribuirá fundamentalmente para a interface da Ciência da Informação, Multimodalidade e Linguística Computacional, envolvendo a análise de um padrão de software de tradução automática, e para o método de organização informacional, por meio da classificação de conteúdospara futuramente analisarerros gerados por tradução automática dentro de um contexto multimodal.

Palavras-chave:Organização da Informação e Organização do Conhecimento, Multimodalidade, Relações Discursivas, Tradução Automática

Banca examinadora de defesa de dissertação de mestrado da aluna Luísa Chaves Café

 

Título: Usabilidade na Recuperação da Informação em Repositório Digital: estudo da interação entre usuários pós- graduandos e o Repositório Institucional da Universidade de Brasília

 

Data: 04 de Março de 2016

Horário: 9h

Lcoal:  a designar

 

Banca Examinadora de Defesa de Dissertação de Mestrado

Presidente: Drª. Ivette Kafure Muñoz

Membro Titular: Dr. Murilo Bastos da Cunha

Membro Titular: Drª Bianca Amaro de Melo

Membro Suplente: Dr.ª Fernanda Passini Moreno

 

 

Resumo: Apresenta dissertação de mestrado sobre a usabilidade na recuperação da informação no Repositório Institucional da Universidade de Brasília (RIUnB). O RIUnB contém apenas documentos científicos, utiliza o DSpace e está entre os dez primeiros repositórios brasileiros do Ranking Webometrics. O objetivo geral da pesquisa é descrever a interação entre usuários pós-graduandos e o RIUnB durante o processo de recuperação da informação. Os objetivos específicos são identificar o perfil dos usuários do RIUnB, caracterizar a interface do repositório, identificar o modelo mental dos usuários a respeito do repositório da Universidade de Brasília, identificar possíveis dificuldades de uso da interface no processo de recuperação da informação. Contextualiza a pesquisa a partir da comunicação científica, movimento do Acesso Aberto, repositórios institucionais e estudos de usabilidade e interação humano-computador. A pesquisa é considerada do tipo descritiva, de concepção filosófica do tipo pragmática, com abordagem mista, de natureza aplicada. Os dados foram coletados mediante aplicação de levantamento, observação semi-participante e avaliação heurística. Descreve os pré-testes assim como procedimentos metodológicos Apresenta e discute os resultados de pesquisa utilizando estatística descritiva para dados quantitativos e transcrevendo e comentando trechos das entrevistas e observações. No final apresenta considerações a respeito da interação entre usuários pós-graduandos e o RIUnB, a percepção dos usuários a respeito do repositório, problemas de interface, entre outros aspectos sobre a usabilidade do sistema.

Banca examinadora de defesa de qualificação de tese de doutorado do Aluno(a) Sonia Araújo de Assis Boeres

 

Título: Competências necessárias para profissionais de preservação digital

Data: 15 de dezembro de 2015

Horário: 14 horas

Local: Sala 120

Composição da Banca:

Presidente: Prof. Dr. Murilo Bastos da Cunha

Membro Titular: Prof. Dr. Miguel Angel MárderoArellano

Membro Titular: Prof.ª Dr.ª Elmira Luzia Melo Simeão

Membro Suplente: Prof. Dr. Fernando William Cruz

 

Resumo:

Atualmente há muita informação disponível em meio digital, e este volume tem crescido cada vez mais exponencialmente. Além disso, a sociedade tem cada vez mais depositada confiança nos documentos digitais, e buscado informação neste tipo de formato. A falta de iniciativas de preservação digital para cientistas é um fato premente, por isso há necessidade de contratação e de capacitação de pessoal para Preservação Digital. Esta tese tem por objetivo levantar o Conjunto de ações gerenciais e técnicas, exigidas para superar as mudanças tecnológicas e a fragilidade dos suportes, garantindo acesso e interpretação dos documentos digitais pelo tempo que for necessário.

 

Palavras-chave: preservação digital, competências profissionais, biblioteca digital, documento digital.

Banca examinadora de defesa de tese de doutorado do aluno RACHEL CRISTINA MELLO GUIMARÃES

 

Título: Construção de Regras de Nomeação/Definição para a Modelagem Conceitual em Ontologias de Fundamentação em Linguagem OntoUML.

 

 

Data: 04 de dezembro de 2015

Horário: 15h

Local: Sala pós graduação

 

Banca examinadora de Qualificação de Doutorado

Presidente: Prof. Dr. Cláudio Gottschalg-Duque – PPGCInf/UnB

Membro Titular: Profª. Drª. Ivette Kafure Muñoz – PPGCInf/UnB

Membro Titular: Prof. Dr. Carlos Humberto Llanos– PPMEC/UnB

Membro Titular: Prof. Dr. Renata Silva Souza Guizzardi – Inf/UFES

Membro Titular: Prof. Dr. Frederico Luiz Gonçalves de Freitas – Cin/UFPE

Membro Suplente: Prof. Dr. André Porto Ancona Lopez – PPGCInf/UnB

 

 

Resumo: Existe uma categoria de ontologias denominada Ontologia de Fundamentação, que reúne resultados de Ontologia Formal num sistema de categorias independentes de domínio, tais como, conceitos como parte, todo, papel e evento, usadas para articular conceituações dos diversos domínios. Uma das principais linhas de trabalho desenvolvidas no grupo NEMO - UFES diz respeito ao desenvolvimento de Ontologias de Fundamentação para dar suporte à modelagem conceitual, de maneira geral, e à modelagem organizacional, em particular denominada UFO (UnifiedFoundationalOntology). A UFO, inicialmente proposta por Guizzardi e Wagner (2004), tem sido desenvolvida ao longo dos últimos seis anos, reunindo teorias axiomáticas que versam sobre as principais categorias de conceitos usados em modelagem conceitual. OntoUML é o nome dado à versão ontologicamente bem-fundamentada (do diagrama de classes) da UML 2.0 (UnifiedModelingLanguage), proposta por Guizzardi (2005). Guizzardi, mostra que falta uma definição precisa da semântica formal da linguagem UML, e estende o metamodelo desta para ser isomórfico à UFO-A, tornando-o ontologicamente consistente. Na criação de um metamodelo na modelagem conceitual em ontologias são representados os conceitos e relações dos objetos de um mundo real. Faz-se então necessário a nomeação desses objetos e suas relações. O estudo proposto busca verificar se a Teoria do Conhecimento e a Teoria da Classificação Facetada tratadas no âmbito da Ciência da Informação pode contribuir para a nomeação de estereótipos que representam as categorias ontológicas definidas na linguagem OntoUml para modelagem conceitual.

Palavras-chave:Modelagem Conceitual, Ontologias de Fundamentação, Teoria do Conceito, Classificação Facetada.

 

Banca examinadora de Qualificação de doutorado da aluna Dirlene Santos Barros

 

Título: INFORMAÇÃO E POLÍTICA: análise dos discursos e das práticas sobre a criação e implementação da Lei de Acesso à Informação no Estado do Maranhão (2009-2014).

 

Data: 14 de dezembro de 2015

Horário: 14h30

Local: sala 214

 

Banca Examinadora de QUALIFICAÇÃO de Doutorado

Presidente: Prof.ª Dr.ª Georgete Medleg Rodrigues

Membro Titular: Prof.ª Dr.ª Elen Cristina Geraldes

Membro Titular: Prof. Dr. Renato Tarciso Barbosa

Membro Suplente: Prof.ª Dr.ª Eliane Braga de Oliveira

 

 

Resumo:

Pesquisa descritiva, explicativa, bibliográfica e documental com abordagem qualitativa e quantitativa que tem como objeto de estudo a Lei de Acesso à Informação (LAI) no estado do Maranhão, abrangendo os seus aspectos políticos e informacionais. Parte da hipótese de que a configuração política oligárquica do Estado influenciou no processo de construção e implantação da LAI. O objetivo geral é analisar em que medida a configuração política oligárquica do Estado do Maranhão influenciou a discussão e a divulgação da LAI desde sua concepção, tramitação até sua implementação no período de 2009 a 2014. O recorte temporal corresponde à gestão de Roseana Sarney no Poder Executivo do Maranhão e com o envio, ao Congresso Nacional, do PL da LAI pelo Executivo federal e o aniversário de dois anos da entrada em vigor da referida lei. Os objetivos específicos consistem em descrever e analisar o processo de implementação da Lei de Acesso à Informação brasileira no plano nacional e estadual e identificar seus principais atores; descrever o contexto político do estado do Maranhão (2009/2014) e identificar e analisar as ações de informação do grupo Sarney e selecionar e analisar os discursos dos parlamentares maranhenses e da mídia do estado em relação à LAI. Para o seu alcance, tem-se como percurso metodológico: o uso do método da Análise de Conteúdo de Bardin (2011), cujas mensagens são retiradas das matérias jornalísticas veiculadas pelos Sistemas Mirante de Comunicação, Jornal O Imparcial e nos discursos dos 06 (seis) senadores e 35 (trinta e cinco) deputados federais maranhenses. Os resultados parciais demostram que a mídia maranhense, apesar de ter divulgado pouco a LAI em suas reportagens, trazem informações que podem ter contribuído, ainda que de forma tímida, para o conhecimento e a compreensão de algumas nuanças da Lei. Adiantamos ainda uma explicação para a pouca divulgação da LAI que seria resultado de uma relação conflituosa entre o compromisso em divulgar a Lei para conhecimento pelo cidadão e a interferência na linha editorial das forças políticas locais com domínio sobre os meios de comunicação. Os discursos dos senadores da bancada maranhense demonstram um envolvimento sutil no processo de reflexão, criação e implementação da LAI nacional, refletindo, significativamente, no estado do Maranhão. Esses resultados confirmam, parcialmente, a hipótese da pesquisa.

 

Palavras-chave:Lei de Acesso à Informação (LAI). Informação. Política. Estado do Maranhão.