• 20160830_085747.jpg
  • 20160830_090251.jpg
  • 20160830_085830.jpg
  • 20160830_090216.jpg
  • 20160830_085847.jpg

Banca examinadora de defesa de tese de doutorado do aluno José Marcelo Schiessl

 

Título: LEXICALIZAÇÃO DE ONTOLOGIAS: o relacionamento entre conteúdo e significado no contexto da Recuperação da Informação

 

Data: 16/04/2014

Horário: 09h

Local:auditorio

 

Banca Examinadora de Defesa de Tese de Doutorado

 

Presidente: Profa. Dra. Marisa Bräscher

Membro Titular: Prof. Dr. Rogério Henrique de Araújo Junior

Membro Titular: Profa. Dra. Fernanda Passini Moreno

Membro Titular: Prof. Dr. Ailton Feitosa (Instituto de Educação Superior de Brasília)

Membro Titular: Prof. Dr. Miguel Filho Ferreira de Oliveira (Caixa Econômica Federal)

Membro Suplente: Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares

 

Resumo:

 

Investiga as tecnologias da Web Semântica e as técnicas de Processamento de Linguagem Natural para a elaboração semiautomática de uma base léxico-ontológica, em Português, circunscrita ao domínio de risco financeiro que, incorporada ao modelo de recuperação da informação, visa melhorar a precisão. Identifica teorias, ferramentas e técnicas que propiciam a automatização de procedimentos que extraem elementos ontológicos e léxicos de bases estruturadas e não estruturadas. Esses elementos combinados na forma de base de dados apóiam a geração de índice léxico-semântico que fornece insumos para a proposição de modelo de recuperação da informação semântica. A metodologia adotada se apresenta em: levantamento de fundamentos teóricos e metodológicos, ferramentas e bases de dados ontológicas e textuais; construção de ontologia e base léxico-ontológica com foco no risco financeiro; elaboração de modelo de recuperação da informação semântica; avaliação do modelo realizada num corpus de informação relacionada ao risco financeiro que foi indexado nos moldes tradicionais e contemplando a informação semântica para, então, medir a precisão nas duas situações. Os resultados alcançados demonstram a utilização da metodologia para o domínio de risco financeiro em Português que produziu a ontologia OntoRisco, a base léxico-semântica RiscoLex e a proposta de modelo de recuperação da informação semântica que mostrou resultados superiores aos modelos de recuperação da informação tradicionais, nos testes realizados.Conclui que os resultados satisfatórios mostram a aplicabilidade da proposta metodológica para o domínio em questão e aponta para a possibilidade de expandir a outros domínios com as devidas adaptações dos recursos utilizados. O estudo contribui para a área de representação e organização da informação e do conhecimento na medida em que fornece metodologia, aporte teórico e insumos para que profissionais continuem promovendo o desenvolvimento da Ciência da Informação.

Palavras-chave: Ontologia. Lexicalização de ontologias. Web semântica. Processamento de linguagem natural. Recuperação da informação.