• 20160830_085747.jpg
  • 20160830_085830.jpg
  • 20160830_090251.jpg
  • 20160830_090216.jpg
  • 20160830_085847.jpg

Banca examinadora de defesa de tese de doutoradodo aluno Jair Cunha Cardoso Filho


Título: Sistema de prospecção de competências emergentes: proposta de um modelo a partir do estudo de caso da cidade aeroportuária do Distrito Federal

 

Data: 20 de novembro de 2015

Horário: 9H

Local:

 

Composição da Banca:

Presidente: Prof. Dr. Rogério Henrique de Araújo Júnior

Membro Titular: Prof.ª Dr.ª Raquel Janissek-Muniz

Membro Titular: Prof. Dr. Roberto Campos da Rocha Miranda

Membro Titular: Prof. Dr. Renato Tarciso Barbosa de Sousa

Membro Titular: Prof. Dr. Dulce Maria Baptista

Membro Suplente: Prof. Dr. Fernando César Lima Leite

 

Resumo:

A preocupação com a formação de mão de obra qualificada, com o capital humano, compartilhada em diversos níveis tanto por países centrais quanto por países emergentes e periféricos, coloca a antecipação das necessidades de competências em suas agendas nacionais de políticas públicas de desenvolvimento regional e de geração de emprego e renda, de modo a ligar o mundo da educação e formação ao mundo do trabalho e, consequentemente, com o mundo organizacional. Propõe-se, então, um modelo sistêmico de prospecção de competências emergentes voltadas a mercados de trabalho também emergentes, tendo como base o processo denominado Monitoramento Ambiental, com os paradigmas social e técnico-econômico da Ciência da Informação como pano de fundo e o método denominado Inteligência Estratégica Antecipativa e Coletiva (IEAc) como ancoragem. Para tanto, são abordados aspectos relacionados a competências, competências emergentes, competência informacional, monitoramento ambiental, estratégias de competências recomendadas por organismos internacionais multilaterais e à estratégia brasileira. Apresenta-se o modelo proposto do Sistema de Prospecção de Competências Emergentes e, por meio de estudo de caso aplicado à construção de um aeroporto de cargas e de passageiros na região da cidade de Planaltina, Distrito Federal, sua aplicação é testada. A pesquisa é qualitativa e, quanto aos fins de metodologia, exploratória, descritiva e aplicada. Quanto aos meios, é bibliográfica, documental e de levantamento. Conclui-se pela aplicabilidade do modelo proposto e pela institucionalização de uma tecnologia social denominada Observatório de Competências Emergentes, gestor do Sistema de Prospecção de Competências Emergentes, nas tarefas de busca da informação em vários sítios e diferentes bases de conhecimentos, contextualização, estruturação, organização e representação dessa informação, dando-lhe sentido e objetividade, e transformando-a em conhecimento para difusão, comunicação e compartilhamento com os indivíduos e as institucionalidades por meio de aplicativo para dispositivos móveis.

Palavras-chave:Prospecção de competências, Competências emergentes, Monitoramento ambiental.