• 20160830_085747.jpg
  • 20160830_085830.jpg
  • 20160830_085847.jpg
  • 20160830_090251.jpg
  • 20160830_090216.jpg

Banca examinadora de defesa de tese de doutorado do aluno RACHEL CRISTINA MELLO GUIMARÃES

 

Título: Construção de Regras de Nomeação/Definição para a Modelagem Conceitual em Ontologias de Fundamentação em Linguagem OntoUML.

 

 

Data: 04 de dezembro de 2015

Horário: 15h

Local: Sala pós graduação

 

Banca examinadora de Qualificação de Doutorado

Presidente: Prof. Dr. Cláudio Gottschalg-Duque – PPGCInf/UnB

Membro Titular: Profª. Drª. Ivette Kafure Muñoz – PPGCInf/UnB

Membro Titular: Prof. Dr. Carlos Humberto Llanos– PPMEC/UnB

Membro Titular: Prof. Dr. Renata Silva Souza Guizzardi – Inf/UFES

Membro Titular: Prof. Dr. Frederico Luiz Gonçalves de Freitas – Cin/UFPE

Membro Suplente: Prof. Dr. André Porto Ancona Lopez – PPGCInf/UnB

 

 

Resumo: Existe uma categoria de ontologias denominada Ontologia de Fundamentação, que reúne resultados de Ontologia Formal num sistema de categorias independentes de domínio, tais como, conceitos como parte, todo, papel e evento, usadas para articular conceituações dos diversos domínios. Uma das principais linhas de trabalho desenvolvidas no grupo NEMO - UFES diz respeito ao desenvolvimento de Ontologias de Fundamentação para dar suporte à modelagem conceitual, de maneira geral, e à modelagem organizacional, em particular denominada UFO (UnifiedFoundationalOntology). A UFO, inicialmente proposta por Guizzardi e Wagner (2004), tem sido desenvolvida ao longo dos últimos seis anos, reunindo teorias axiomáticas que versam sobre as principais categorias de conceitos usados em modelagem conceitual. OntoUML é o nome dado à versão ontologicamente bem-fundamentada (do diagrama de classes) da UML 2.0 (UnifiedModelingLanguage), proposta por Guizzardi (2005). Guizzardi, mostra que falta uma definição precisa da semântica formal da linguagem UML, e estende o metamodelo desta para ser isomórfico à UFO-A, tornando-o ontologicamente consistente. Na criação de um metamodelo na modelagem conceitual em ontologias são representados os conceitos e relações dos objetos de um mundo real. Faz-se então necessário a nomeação desses objetos e suas relações. O estudo proposto busca verificar se a Teoria do Conhecimento e a Teoria da Classificação Facetada tratadas no âmbito da Ciência da Informação pode contribuir para a nomeação de estereótipos que representam as categorias ontológicas definidas na linguagem OntoUml para modelagem conceitual.

Palavras-chave:Modelagem Conceitual, Ontologias de Fundamentação, Teoria do Conceito, Classificação Facetada.