• 17.jpg
  • 37.JPG
  • 1.jpg
  • 27.jpg
  • 30.JPG
  • 60.jpg
  • 71.jpg
  • 33.JPG
  • 1477661_10200677733779808_269647279_n.jpg
  • 32.JPG
  • 51.jpg
  • 1450196_10200682015126839_1208451305_n.jpg
  • DSC04229.JPG
  • DSC_0385.JPG
  • 56.jpg
  • 16.jpg
  • 540362_10200675577925913_1954543235_n.jpg
  • 44.jpg
  • 1457621_10200677742740032_825354074_n.jpg
  • 31.JPG
  • Imagem 053.jpg
  • 3.jpg
  • 1465248_10200675591406250_1779427582_n.jpg
  • 68.jpg
  • 9.jpg
  • 35.JPG
  • 1453279_10200675585486102_39922286_n.jpg
  • 62.jpg
  • 43.JPG
  • 28.JPG
  • 1473063_10200675575245846_70038750_n.jpg
  • DSC04236.JPG
  • 70.jpg
  • DSC04241.JPG
  • 49.jpg
  • 65.jpg
  • DSC00710.JPG
  • 1456570_10200677746620129_695607638_n.jpg
  • 1011668_10200687776590872_1608491813_n.jpg
  • DSC04256.JPG
  • 999801_10200687786791127_731308374_n.jpg
  • 12.jpg
  • 54.jpg
  • 1441518_10200687779430943_1546331559_n.jpg
  • 1493590_614780938593165_2077702540_o.jpg
  • 1468811_10200682014006811_991752521_n.jpg
  • 1459767_10200682011926759_1986721273_n.jpg
  • 524734_10200675585926113_1659256512_n.jpg
  • 893230_740823862602663_1543125701_o.jpg
  • 1474363_10200682003406546_1107088127_n.jpg
  • 29.JPG
  • 34.JPG
  • DSC04227.JPG
  • DSC04247.JPG
  • 21.jpg
  • 1480685_10200687777710900_1414167125_n.jpg
  • 40.JPG
  • DSC04248.JPG
  • 1477985_10200682015766855_1570540052_n.jpg
  • 48.jpg
  • 50.jpg
  • 1479081_10200675573525803_1497076412_n.jpg
  • 13.jpg
  • 36.JPG
  • 61.jpg
  • 1470058_10200677743780058_1088363199_n.jpg
  • 10.jpg
  • 46.jpg
  • 55.jpg
  • 52.jpg
  • 7.jpg
  • 47.jpg
  • 38.JPG
  • 15.jpg
  • 8.jpg
  • 41.JPG
  • 1453457_10200675589886212_614881025_n.jpg
  • 42.JPG
  • 67971_10200682018966935_1433686035_n.jpg
  • 66.jpg
  • 1455845_10200675590086217_1578562057_n.jpg
  • 64.jpg
  • 73.jpg
  • 53.jpg
  • DSC00729.JPG
  • 72.jpg
  • 63.jpg
  • 39.JPG
  • DSC04243.JPG
  • DSC04237.JPG
  • 67.jpg
  • 19.jpg
  • 1466145_10200682010526724_1440094314_n.jpg
  • 1450889_10200687786991132_124161830_n.jpg
  • DSC04226.JPG
  • 58.jpg
  • 59.jpg
  • 1476517_10200677746780133_2023482401_n.jpg
  • 5.jpg
  • 57.jpg

Banca examinadora de defesa de dissertação de mestrado da aluna Ana Flávia Lucas de Faria Kama

 

Título: Livros, bibliotecas universitárias e livros eletrônicos: aspectos e consequências de um novo suporte da escrita

 

Data: 29/04/2016

Horário: 16h

Local: Sala da Pós

 

Banca Examinadora de Defesa de Dissertação de Mestrado

Presidente: Profa. Dra. Miriam Paula Manini, FCI/UnB

Membro Titular Interno ao PPGCInf: Profa. Dra. Dulce Maria Baptista, FCI/UnB

Membro Titular Externo: Profa. Dra. Nanci Elizabeth Oddone, UNIRIO

Membro Suplente: Prof. Dr. Raphael Diego Greenhalgh, BCE/UnB

 

Resumo: Analisa a gestão e o uso do livro eletrônico pelas bibliotecas universitárias do Distrito Federal. O livro eletrônico é o resultado da última revolução da história do livro: a digital. Desde a década de quarenta do século XX esse tipo de livro vem sendo debatido e estudado, em especial instância pelas bibliotecas universitárias. Entretanto, em pleno ano de 2015, o Brasil não possui um conceito legal de livro eletrônico, assim como não há um consenso exato sobre a definição desse tipo de livro na área acadêmico-científica da Ciência da Informação, o que é refletido na forma como as Bibliotecas Universitárias gerem suas coleções de livros eletrônicos. O presente estudo analisa o histórico do livro e do livro eletrônico, assim como as diversas definições dadas na literatura da área de Ciência da Informação para o livro eletrônico. Para alcançar seu objetivo geral, foi realizada uma pesquisa de campo nas bibliotecas universitárias do DF com uma abordagem metodológica mista e de cunho descritivo. O instrumento de coleta utilizado foi o questionário. A coleta foi realizada entre novembro de 2015 e fevereiro de 2016, em um total de 14 questionários respondidos. Os resultados mostram que ainda não há um consenso sobre a definição de livro eletrônico na literatura da área, na legislação nacional e nem dentro das políticas das bibliotecas universitárias pesquisadas. Foi constatado que o livro eletrônico já é uma realidade nos acervos das bibliotecas universitárias e que os bibliotecários dão valor a esse tipo de documento. As conclusões indicam que os estudos sobre o livro eletrônico precisam ser mais coesos e interligados com a literatura especializada da área e com os avanços legislativos no congresso sobre o tema. Mesmo o livro eletrônico sendo um elemento importante no acervo das bibliotecas universitárias, ainda não existem políticas específicas que gerenciem sua compra, sua seleção, sua disponibilização, sua preservação e sua continuidade dentro dos acervos dessas instituições.

Palavras-chave: E-book. Livro eletrônico. Livro digital. Biblioteca universitária