• 1453457_10200675589886212_614881025_n.jpg
  • 1455845_10200675590086217_1578562057_n.jpg
  • 1477661_10200677733779808_269647279_n.jpg
  • 1465248_10200675591406250_1779427582_n.jpg
  • 28.JPG
  • 10.jpg
  • 33.JPG
  • 68.jpg
  • 9.jpg
  • 1466145_10200682010526724_1440094314_n.jpg
  • 45.jpg
  • 1459767_10200682011926759_1986721273_n.jpg
  • DSC04256.JPG
  • DSC04243.JPG
  • 72.jpg
  • 60.jpg
  • 1450196_10200682015126839_1208451305_n.jpg
  • 999801_10200687786791127_731308374_n.jpg
  • 1011668_10200687776590872_1608491813_n.jpg
  • 32.JPG
  • 524734_10200675585926113_1659256512_n.jpg
  • 57.jpg
  • 49.jpg
  • 44.jpg
  • 65.jpg
  • 1473063_10200675575245846_70038750_n.jpg
  • DSC04248.JPG
  • 54.jpg
  • 7.jpg
  • 42.JPG
  • 893230_740823862602663_1543125701_o.jpg
  • 1457621_10200677742740032_825354074_n.jpg
  • 55.jpg
  • 16.jpg
  • 35.JPG
  • 67.jpg
  • DSC04247.JPG
  • 1493590_614780938593165_2077702540_o.jpg
  • DSC04227.JPG
  • 1450889_10200687786991132_124161830_n.jpg
  • 73.jpg
  • 67971_10200682018966935_1433686035_n.jpg
  • 50.jpg
  • 8.jpg
  • 40.JPG
  • 58.jpg
  • 13.jpg
  • 1480685_10200687777710900_1414167125_n.jpg
  • 21.jpg
  • 17.jpg
  • DSC04241.JPG
  • 29.JPG
  • 3.jpg
  • 1476517_10200677746780133_2023482401_n.jpg
  • 56.jpg
  • 30.JPG
  • 51.jpg
  • 38.JPG
  • 1.jpg
  • DSC04237.JPG
  • 63.jpg
  • 39.JPG
  • 46.jpg
  • 47.jpg
  • 62.jpg
  • DSC04229.JPG
  • 31.JPG
  • 1441518_10200687779430943_1546331559_n.jpg
  • 1470058_10200677743780058_1088363199_n.jpg
  • 12.jpg
  • DSC04236.JPG
  • 71.jpg
  • DSC04226.JPG
  • 64.jpg
  • 61.jpg
  • 540362_10200675577925913_1954543235_n.jpg
  • 36.JPG
  • 43.JPG
  • 70.jpg
  • 19.jpg
  • 1477985_10200682015766855_1570540052_n.jpg
  • 37.JPG
  • 27.jpg
  • DSC00710.JPG
  • 34.JPG
  • 52.jpg
  • 1453279_10200675585486102_39922286_n.jpg
  • 1474363_10200682003406546_1107088127_n.jpg
  • DSC00729.JPG
  • 53.jpg
  • 1468811_10200682014006811_991752521_n.jpg
  • 48.jpg
  • Imagem 053.jpg
  • 41.JPG
  • 66.jpg
  • DSC_0385.JPG
  • 1479081_10200675573525803_1497076412_n.jpg
  • 59.jpg
  • 5.jpg
  • 1456570_10200677746620129_695607638_n.jpg

Defesa de Doutorado

 

Título: Estudo do emprego da taxonomia como instrumento auxiliar para decisões táticas no processo de auditoria

 

Aluno: José Humberto da Cruz Cunha

Data: 07/07/2017

Horário: 14h30

Local: Auditório

Banca Examinadora:

 

Presidente: Profº Drº Rogério Henrique de Araújo Júnior

Membro Titular: Profº Drº: Roberto Campos da Rocha Miranda (CEFOR)

Membro Titular: Profº Drº Hubert Jean François Cormier (FIL/UnB)

Membro Titular: Prof°Dr°Renato Tarciso Barbosa de Sousa

Membro Suplente: Profª D Eliane Braga de Oliveira

 

 

 

Resumo:

Estuda o uso da taxonomia como instrumento auxiliar para decisões táticas no processo de auditoria. Propõe uma taxonomia como um instrumento para a gestão da informação nos processos de auditoria. Analisa conceitualmente a construção dessa metodologia a partir da aplicação como modelo de representação de lições aprendidas. Mapeia na literatura contábil os riscos de distorção para validação técnica da estrutura taxonômica e demonstra analiticamente o risco de detecção mediante as trilhas conceituais sustentadas por relações lógicas da Teoria do Conceito. É um estudo exploratório que tem como procedimento técnico o levantamento bibliográfico e a pesquisa documental, os quais subsidiam as análises qualitativas. São defendidas as teses de que a taxonomia facetada é um instrumento de auxílio às decisões táticas na auditoria contábil e, que a estrutura da taxonomia como linguagem documentária permite a recuperação de informações de lições aprendidas numa trilha formada por relações lógicas entre termos de diferentes facetas. A análise de conteúdo é aplicada em documentos obtidos junto à duas instituições que executam auditoria independente. Vale-se de casos de estudos de Deloitte dos Estados Unidos, uma das quatro maiores empresas de auditoria do mundo, atuante sobretudo na área privada e, um caso do Tribunal de Contas da União (TCU), órgão responsável pela auditoria independente nas contas públicas do Governo Federal brasileiro. Os resultados obtidos indicam: a taxonomia como instrumento auxiliar às decisões dos auditores quanto à escolha de procedimentos com base na análise de risco de distorções provocados por erros ou fraudes; e, que a sequência lógica do processo de auditoria, refletida nas trilhas na estrutura de classificação da taxonomia correspondem às etapas objetivas sugerindo a redução de subjetividade nas escolhas do auditor, por conseguinte ajuda a gestão do risco de auditoria.

 

Palavras chave: Taxonomia; Auditoria; Lições aprendidas; Decisão tática.