• 20160830_090216.jpg
  • 20160830_085847.jpg
  • 20160830_090251.jpg
  • 20160830_085830.jpg
  • 20160830_085747.jpg

Qualificação de Doutorado

 

Título: A mulher nos arquivos do Estado brasileiro:  uma análise da representação dos acervos arquivísticos

Aluna: Maria Ivonete Gomes do Nascimento

Data: 10/10/2017

Horário: 9h

Local: Sala de reuniões do PPGCINF

 

Banca

 

Presidente: Eliane Braga de Oliveira

Membro Titular Interno ao PPGCINF: Georgete Medleg Rodrigues

Membro Titular: Beatriz Kushnir

Membro Suplente: Miriam Manini

 

 

 

Resumo:

Resumo: As mulheres estiveram circunscritas ao espaço privado por vários séculos. A partir da segunda metade do século XIX passaram a assumir posições em espaços públicos, antes não admitidos pela sociedade. Este estudo busca responder as questões: a mulher está representada nos arquivos públicos brasileiros? Como ela é representada nos documentos preservados como de valor histórico nesses arquivos? O objetivo geral é compreender a representação das mulheres nos acervos arquivísticos. Como objetivos específicos, pretende analisar os acervos arquivísticos que registraram a participação das mulheres nos acontecimentos relevantes para a sociedade brasileira, bem como analisar os instrumentos de pesquisa dos acervos sobre mulheres nos arquivos. A pesquisa caracteriza-se como exploratória e explicativa, com aspectos quantitativos e qualitativos. O plano amostral do universo da pesquisa consiste das instituições:  Arquivo Público do Estado da Bahia; Arquivo Nacional; Arquivo Público do Estado de São Paulo; Arquivo Público do Distrito Federal, Arquivo da Câmara dos Deputados, Arquivo do Senado Federal. Em relação ao tratamento dos dados, as fontes documentais serão analisadas com base na análise de conteúdo proposta por Lawrence Bardin (2011), com a técnica de inferência. As etapas do trabalho são: levantamento de bibliografia sobre o tema; levantamento dos fundos arquivísticos com recorte temporal de 1888 a 1988; mapeamento e análise dos instrumentos de pesquisa dos arquivos. O levantamento dos acervos será realizado a partir de um quadro temático relativo a acontecimentos que registraram a presença sobre mulheres. São eles: a abolição do trabalho escravo no Brasil; a Proclamação da República; a Revolução de 1930; a Campanha pelo direito ao voto da mulher; a Constituição de 1946; a Construção de Brasília; o Regime Militar e a Constituição Federal de 1988. Considera-se que tal estudo se justifica em razão da relevância dos arquivos públicos para a construção e preservação da memória social.

 

Palavras-chave: Mulher.  Arquivos. Arquivos públicosRepresentação das mulheres nos arquivos.