• 20160830_090251.jpg
  • 20160830_085830.jpg
  • 20160830_085747.jpg
  • 20160830_090216.jpg
  • 20160830_085847.jpg

Relatório de Mestrado

 

Título: O Big Data e o conhecimento arquivístico

Aluno(a): Marina Garcia da Silva Pereira

Data: 30/05/2017

Horário: 09h

Local: Sala da Pós-Graduação

 

Banca Examinadora

Presidente: Eliane Braga de Oliveira

Membro Titular Externo ao PPGCInf: Vanderlei Batista dos Santos

Membro Titular: Rogério Henrique de Araújo Júnior

Membro Suplente: Cynthia Roncaglio

 

Resumo:

Esta pesquisa possui o objetivo de identificar o fenômeno do Big Data e verificar a existência de relações com o conhecimento arquivístico. O Big Data é uma tendência que tem impactado o mercado e os usuários de informação e se refere basicamente à habilidade de coletar e analisar grandes quantidades de dados que são produzidos. A contínua revolução do computador, a volumosa, diversificada e rápida produção de dados, registros, documentos e informações digitais dos últimos anos tem multiplicado suportes, formatos digitais de produção dos documentos arquivísticos, procedimentos e, consequentemente, o que será gerado e mantido nos arquivos e também na recuperação da informação desejada. Na perspectiva atual, a importância desta pesquisa para a Ciência da Informação, de forma ampla, e para a Arquivologia particularmente, advém da necessidade de investigar a natureza complexa da informação orgânica e de novas tecnologias produtoras dessas informações, para tal, utiliza-se o método da revisão sistemática.

 

Palavras-chave: Big Data. Ciência da Informação. Arquivologia. Arquivos.