PT - EN - ES

Programa e Histórico

Programa

O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCINF), vinculado à Faculdade de Ciência da Informação (FCI) da Universidade de Brasília (UnB), tem seu objetivo estruturado em três dimensões indissociáveis. A primeira dimensão é a produção de conhecimento relevante no campo da Ciência da Informação, por meio da realização de pesquisas de excelência. A segunda dimensão é a formação, que visa aprofundar os conhecimentos adquiridos por graduados e pós-graduados em cursos superiores, regulamentados pelos órgãos competentes no Brasil, com interesses afins ao Programa, dando-lhes oportunidade de desenvolver competência científica e capacidade profissional e criadora em Ciência da Informação, formando pesquisadores, professores e profissionais de alto nível, aptos a desenvolver pesquisas e realizar inovações nesta área do saber. Por fim, a terceira dimensão, decorrente das duas anteriores, é o fomento à apropriação dos resultados das atividades do programa por parte da sociedade.

O mestrado acadêmico em Ciência da Informação tem por objetivo promover a competência científica de graduados, contribuindo para a formação de docentes e pesquisadores na área da informação. O doutorado, por sua vez, visa formar profissionais de alto nível, que possam atuar como pesquisadores autônomos e como docentes na área de Ciência da Informação, buscando propiciar visão abrangente da área, desenvolver sólida base teórica do campo, estimular o desenvolvimento da produção científica com projetos de pesquisa inovadores e socialmente orientados e relevantes.

Avaliação na Capes

A avaliação da pós-graduação, realizada pela CAPES, é um instrumento que visa garantir a qualidade dos programas de pós-graduação brasileiros. Todos os programas são avaliados a cada 4 (quatro) anos e recebem notas que vão de 3 (desempenho regular); 4  (bom desempenho), 5 (desempenho muito bom) e notas 6 e 7 (desempenho equivalente ao alto padrão internacional). O Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UnB obteve a nota 5 na última avaliação quadrienal (2014/2017), sendo considerado, portanto, um  programa com desempenho muito bom.

Área de concentração e linhas de pesquisa

O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação oferece cursos em nível de mestrado e doutorado com uma única área de concentração, Gestão da Informação, organizada em duas linhas de pesquisa: 

  • Organização da Informação busca propor conhecimentos nos níveis epistemológico, científico e prático relativos à origem, coleta, organização, estocagem, recuperação, interpretação, transmissão, transformação e uso da informação. Neste contexto, relaciona-se com a natureza da informação, a terminologia e modelos de tratamento e recuperação de informações; as necessidades dos usuários de informação e suas implicações; a identificação dos recursos necessários a partir dos tipos e formatos; a identificação, o tratamento e a recuperação de informações adequadas para o usuário; a formulação de políticas, estratégias, planejamentos, normas e processos relacionados a diferentes espaços de informação.   
  • Comunicação e Mediação da Informação reúne estudos que buscam conhecimentos nos níveis epistemológico, científico e prático sobre processos de comunicação em diversos contextos e setores da sociedade. Os estudos desenvolvidos sob esta linha privilegiam a busca pelo entendimento dos fenômenos relacionados ao fluxo da informação, os atores que deles participam e os canais utilizados. Os estudos dessa linha contemplam ainda fatores internos e externos que influenciam tais fluxos e a produção e aplicação de indicadores para sua avaliação. A linha inclui também estudos sobre políticas, estratégias e planejamento dos processos de comunicação nos diversos contextos e setores da sociedade e desdobramentos sociais, políticos, culturais e econômicos da comunicação e acesso à informação, e ainda estudos relacionados às profissões ligadas a esses processos.

Histórico

O PPGCINF é um dos mais antigos programas de Pós-graduação em Ciência da Informação do Brasil e o único da região Centro-Oeste. Considerando a trajetória acadêmica-administrativa que o antecedeu, no ano de 2018 o Programa completou quarenta anos de funcionamento.

Na segunda metade da década de 1970, o curso de graduação em Biblioteconomia, criado no ano de 1962, já se encontrava consolidado e bem-conceituado, formando profissionais atuantes em diversas frentes relacionadas ao âmbito das bibliotecas. Porém, a geração, disseminação e uso da informação transcendiam o âmbito das instituições biblioteconômicas e demandavam novos e desafiadores esforços de pesquisa. Com base nessa percepção, e considerando também a própria evolução da biblioteca como sistema de informação, foi criado então o curso de mestrado em Biblioteconomia e Documentação na UnB que, desde o seu início, obteve apoio de agências nacionais de fomento à pesquisa e pós-graduação como a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), e de instituições estrangeiras – tais como o British Council, Organização dos Estados Americanos (OEA) e a Comissão Fulbright – de modo a assegurar o padrão de excelência pretendido. Esse apoio, inclusive, foi decisivo para a formação no exterior de docentes do curso de graduação em Biblioteconomia, titulando novos mestres e doutores que incorporariam ao programa práticas e conhecimentos atualizados na área.

Portanto, a origem do PPGCINF remonta ao curso de mestrado em Biblioteconomia e Documentação, criado no ano de 1978, vinculado ao então Departamento de Biblioteconomia, da Faculdade de Estudos Sociais Aplicados (FA) da UnB. Anos depois, no início do ano de 1990, o Departamento de Biblioteconomia passou por reestruturação acadêmica e criou o curso de graduação em Arquivologia. Neste mesmo ano, a unidade acadêmica passou a ser denominada Departamento de Ciência da Informação e Documentação (CID).

Em 1992, em decorrência da consolidação do mestrado e em sintonia com a evolução da área em nível nacional e internacional, foi criado o curso de Doutorado em Ciência da Informação. O intuito foi ampliar perspectivas de investigação e contemplar a complexidade, abrangência e especificidade dos conhecimentos oriundos de diferentes áreas que têm na informação o seu objeto comum de estudo. Assim, no ano de 1992, os cursos de mestrado e doutorado passaram a integrar o Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCINF) do antigo CID. Desde então até os dias atuais, como reflexo das transformações dos fenômenos informacionais na sociedade, o PPGCINF vem passando por significativas mudanças em suas áreas de concentração e linhas de pesquisa e diversificação de corpo docente e grupos de pesquisa, possuindo marcante característica interdisciplinar.

  • 2020 - Prêmio UnB de Dissertação e Tese

    Discente: Marcos Fragomeni Padron

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Dissertação: "Uma proposta de modelo conceitual para representação da música popular brasileira"

    Ano: 2020

    Instituição: UnB

    Orientador: Fernando William Cruz

  • 2017 - Prêmio Melhor Dissertação REPARQ
    Discente: Cássio Murilo Alves Costa Filho
    Área: Ciências Sociais Aplicadas I
    Dissertação: Possíveis limitações do ciclo vital dos documentos ante ao Pós-custodialismo: o modelo australiano records continuum como instrumento de elucidação
    Ano: 2017
    Instituição: FEPARQ
    Orientador: Renato Tarciso Barbosa de Sousa
  • 2017 - Prêmio do Arquivo Nacional
    Discente: Cássio Murilo Alves Costa Filho
     
    Área: Ciências Sociais Aplicadas I
     
    Dissertação: Possíveis limitações do ciclo vital dos documentos ante ao Pós-custodialismo: o modelo australiano records continuum como instrumento de elucidação
    Ano: 2017
    Instituição: Arquivo Nacional 
    Orientador:  Renato Tarciso Barbosa de Sousa
  • 2016 - Prêmio UnB de Dissertação e Tese

    Discente: Ricardo Barros Sampaio

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Tese: "As estruturas globais e regionais do campo de pesquisa, desenvolvimento e inovação das doenças negligenciadas leishmaniose e tuberculose sob a ótica das redes complexas"

    Ano: 2016

    Instituição: UnB

    Orientador: Jorge Henrique Cabral Fernandes

  • 2016 - Prêmio UnB de Dissertação e Tese

    Discente: Daniele Galvão Pestana Nogueira

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Dissertação: "A Preservação da Memória do Tribunal de Contas da União por meio de seu Museu (1970-2010)"

    Ano: 2016

    Instituição: UnB

    Orientador: Ana Lúcia de Abreu Gomes

  • 2016 - Prêmio ANCIB

    Discente: José Marcelo Schiessl

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Tese: "lexicalização de ontologias: o relacionamento entre conteúdo e significado no contexto da recuperação da informação"

    Ano: 2016

    Instituição: ANCIB

    Orientador: Marisa Brascher

  • 2015 - Prêmio Capes de Tese

    Discente: Raphael Diego Greenhalgh

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Tese: "Segurança contra roubo e furto de livros raros: uma perspectiva sob a ótica da economia do crime e da teoria da discussão"

    Ano: 2015

    Instituição: CAPES

    Orientador: Miriam Paula Manini

  • 2012 - Prêmio CAPES de Tese

    Discente: Angelica Alves da Cunha Marques

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Tese: "Interlocuções entre a arquivologia nacional  e a  internacional no delineamento da disciplina no Brasil"

    Ano: 2012

    Instituição: CAPES

    Orientador: Georgete Medleg Rodrigues

  • 2012 - Prêmio ANCIB de Tese

    Discente: Angelica Alves da Cunha Marques

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Tese: "Interlocuções entre a arquivologia nacional  e a  internacional no delineamento da disciplina no Brasil"

    Ano: 2012

    Instituição: ANCIB

    Orientador: Georgete Medleg Rodrigues

  • 2006 - Prêmio ENANCIB

    Discente: Rogério Henrique de Araújo Júnior

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Tese: "Precisão no processo de busca e recuperação da informação."

    Ano: 2006

    Instituição: ENANCIB

    Orientador: Kira Maria Antonia Tarapanoff

  • Menção Honrosa: Prêmio da Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento de Teses e Dissertações

    Discente: João Sérgio Beserra de Lima

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Dissertação: "A Gestão do Conhecimento como Instrumento para Auxiliar as Unidades de Auditoria Interna da Administração Pública Federal: Estudo de Caso nas Entidades Vinculadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC)”

    Ano: 2020

    Instituição: Prêmio da Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento de Teses e Dissertações

    Orientador:  Lillian Maria Araujo de Rezende Alvares

     

     

  • Menção Honrosa: Prêmio Capes de Teses - Versão 2020

    Discente: Mônica Tenaglia

    Área: Ciências Sociais Aplicadas I

    Tese: "As comissões da verdade no Brasil: contexto histórico-legal e reconstrução das estratégias e ações para o acesso aos arquivos"

    Ano: 2020

    Instituição: CAPES

    Orientador: Georgete Medleg Rodrigues